Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Colégio Bandeirantes informa pais sobre segundo suicídio em 15 dias

De acordo com nota, casos não têm relação entre si

Por Da Redação Atualizado em 23 abr 2018, 18h24 - Publicado em 23 abr 2018, 12h03

O Colégio Bandeirantes, tradicional instituição de ensino na Vila Mariana, na capital paulista, emitiu um comunicado aos pais informando sobre o suicídio de dois estudantes no intervalo de duas semanas. O caso mais recente é de um aluno do 3º ano do ensino médio.

A nota, que ressalta “tristeza e pesar”, informa ainda que o colégio está “acolhendo os alunos mais vulneráveis” e planeja “diversas ações de trabalho em posvenção [apoio a familiares e amigos de quem se suicidou], com assessoria de uma especialista em prevenção ao suicídio e luto por suicídio”.

“Compreendemos que cada morte deve ser tratada como um caso singular e por isso a escola procura posicionar-se respeitando as decisões e os desejos de cada família”, diz a nota aos pais e responsáveis.

 

  • De acordo com o colégio, os professores e funcionários foram preparados para o reinício das aulas do segundo bimestre, nesta segunda-feira (23), quando foram planejados espaços de diálogo e de acolhimento para todas as turmas.

    As aulas das turmas dos terceiros anos do ensino médio foram suspensas nesta segunda e, na terça, haverá atividades de reflexões e ajuda em situações de crise com o apoio de uma psicóloga.

    “Em relação às demais séries, a escola está preparada para receber os alunos nesse momento tão difícil e, juntos, ajudá-los no enfrentamento do luto”, encerra a nota.

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade