Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

COI diz que não teme a violência após semana sangrenta

Por Da Redação
22 out 2009, 11h59

O governo brasileiro encontrará maneiras de garantir a segurança da Olimpíada de 2016 no Rio de Janeiro, afirmou o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Jacques Rogge, nesta quinta-feira, depois que a recente onda de violência na cidade levantou dúvidas sobre a segurança dos Jogos. Pelo menos 33 pessoas foram mortas desde que a violência entre as facções rivais de traficantes de drogas e a polícia eclodiu no Rio de Janeiro no fim de semana passado.

A cidade ganhou o direito de sediar a Olimpíada há duas semanas, após uma campanha que minimizou os problemas com a segurança e retratou uma cidade alegre com praias e festas. “As medidas de segurança para os Jogos têm sido sempre muito fortes. Estamos confiantes de que os brasileiros encontrarão boas maneiras de aplicar isso”, disse Rogge à durante cerimônia do acendimento da tocha olímpica para os Jogos de Inverno de 2010, em Vancouver.

“Ainda temos sete anos para nos preparar, e vamos nos beneficiar também da experiência e das medidas para a Copa do Mundo de 2014. Então, digo que devemos confiar nos brasileiros nessa questão”, acrescentou ele. “A violência é algo com a qual nos preocupamos desde 1972”, disse Rogge, referindo-se aos israelenses mortos em Munique. Na segunda-feira, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva ofereceu 100 milhões de reais para ajudar a cidade a combater op banditismo.

(Com agência Reuters)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.