Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Cerrado tem maior desmatamento em cinco anos, aponta INPE

Segundo maior bioma brasileiro totaliza 2.133 km² de áreas desmatadas entre janeiro e abril

Por Bruno Caniato 5 Maio 2023, 17h30

Entre janeiro e abril deste ano, o desmatamento no Cerrado avançou 13% e atingiu a marca de 2.133 km², segundo dados preliminares do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Trata-se do maior registro para o período desde 2018 e o número ainda pode subir, pois a contagem ainda não foi finalizada. Para comparação, o território desmatado nos primeiros quatro meses de 2023 equivale a quase duas vezes a extensão da cidade de Belém (PA).

O Cerrado é o segundo maior bioma do Brasil em extensão e cobre 24% do território nacional, totalizando 2.036.448 km² – mais que a soma dos territórios da França, Alemanha, Espanha, Itália e Reino Unido. A principal causa de desmatamento no ecossistema é a atividade agrícola, que ocupa cerca de 25,5 milhões de hectares e cresceu mais de 500% desde 1985, de acordo com a iniciativa MapBiomas do Observatório do Clima. Somando-se as áreas usadas para plantio e para pastagem de animais, a agropecuária se estende por cerca de 75,5 milhões de hectares.

Por outro lado, os sistemas do INPE registraram queda do desmatamento na Amazônia em abril. Entre os dias 1º e 28, a área devastada foi de 288 km², o que representa a menor taxa para o mês nos últimos 3 anos e a 3ª mais baixa desde o início do monitoramento em 2015. Ainda assim, os números são altos e colocam em risco a agenda ambiental do governo Lula, que promete zerar o desmatamento ilegal no bioma amazônico até 2030. “Será necessário promover inovações tecnológicas, legais e infralegais, que possam frear a grilagem de terras, garimpos ilegais, invasão de áreas protegidas, bem como endereçar e punir a co-participação de instituições financeiras no desmatamento”, avalia a a porta-voz de Amazônia do Greenpeace Brasil, Cristiane Mazzetti.

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.