Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Caso Bruno: MP denuncia mais dois por envolvimento na morte de Eliza

Em 2013 o ex-goleiro Bruno Fernandes foi condenado pelo sequestro e assassinato da jovem, morta em 2010

Cinco anos após o assassinato de Eliza Samúdio, o Ministério Público de Minas Gerais denunciou à Justiça, na segunda-feira, dois policiais civis, por envolvimento na morte da jovem que teve um filho com o ex-goleiro Bruno Fernandes.

Leia mais:

Como o goleiro Bruno atraiu Eliza Samudio para a morte

As cinco provas que a defesa de Bruno tentou derrubar

José Lauriano de Assis Filho, de 50 anos, está aposentado e foi denunciado por sequestro, cárcere privado, homicídio triplamente qualificado, corrupção de menor, ocultação de cadáver e coação de testemunha. O outro denunciado é o policial Gilson Costa, de 49 anos, pelo crime coação.

Em 2013, o ex-goleiro foi condenado pelo sequestro e assassinato de Eliza. Além de Bruno, outras cinco pessoas já foram condenadas por envolvimento no crime. Os últimos foram Elenílson Vitor da Silva e Wemerson Marques de Souza, o Coxinha. Eles foram sentenciados, respectivamente, a penas de três anos e dois anos e seis meses pelo sequestro e cárcere privado do bebê que Eliza teve com Bruno.

(Com Estadão Conteúdo)