Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Brasil confirma apoio logístico para libertação de reféns das Farc

Por Da Redação 23 jan 2009, 17h22

O embaixador brasileiro na Colômbia, Valdemar Carneiro Leão Neto, confirmou nesta sexta-feira notícias da imprensa colombiana segundo as quais o Brasil dará apoio logístico para a libertação de seis reféns das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

Segundo o embaixador, o país fornecerá helicópteros para ajudar a Cruz Vermelha a receber os reféns. As Farc anunciaram em dezembro que libertariam o ex-governador Alan Jara, o ex-deputado Sigifredo López, três policiais e um soldado. Eles fazem parte de um grupo de 28 reféns que as Farc pretendem trocar por 500 militantes presos.

“Vamos brindar à operação os meios logísticos, mas é uma operação feita sob a responsabilidade da Cruz Vermelha”, disse Leão Neto à imprensa, explicando que a ajuda foi pedida pelo órgão. Ele acrescentou que o envolvimento do Brasil se restringe à logística.

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) informou separadamente que o Brasil pretende “colocar à disposição da instituição a logística necessária para a libertação”.

Uma fonte não identificada citada pela agência de notícias Reuters disse que o Brasil vai emprestar pelo menos dois helicópteros com as tripulações. As aeronaves vão buscar os reféns no local que as Farc determinarem, na selva colombiana.

Não ficou claro se as aeronaves serão do próprio governo brasileiro ou de um serviço particular contratado pela Cruz Vermelha.

Continua após a publicidade

Publicidade