Clique e assine com 88% de desconto

Boxeador é preso por suspeita de estupro na Vila Olímpica

Atleta marroquino Hassan Saada teve a prisão decretada por quinze dias; ele teria tentado beijar à força uma mulher e apertado o seio da outra

Por Da redação - Atualizado em 5 ago 2016, 11h06 - Publicado em 5 ago 2016, 11h00

Um boxeador do Marrocos foi preso na manhã desta sexta-feira por suspeita de estupro na Vila Olímpica, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Segundo nota da Polícia Civil, o atleta Hassan Saada teria assediado sexualmente duas camareiras brasileiras.

O caso foi registrado na 42ª Delegacia de Polícia e a ordem de prisão foi expedida pela juíza Larissa Nunes Saly, do Juizado do Torcedor e Grande Eventos. A prisão tem duração inicial de 15 dias, o que pode inviabilizar a participação do boxeador na Olimpíada.

Segundo informações do jornal O Globo, Saada teria pressionado uma das mulheres contra a parede e tentado beijá-la à força. Ele também teria apertado o seio da segunda camareira e, com o movimento de mãos, pedido que ela o masturbasse em troca de dinheiro.

Publicidade