Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Blocos em SP: falta de banheiro químico e xixi na rua

Por volta das 18h, a reportagem flagrou ao menos 15 pessoas urinando nos portões da Praça da Luz

“Você sabe onde é o banheiro?” foi uma das frases mais ouvidas na tarde desta segunda-feira, 4, da boca dos foliões que aproveitaram os blocos na avenida Tiradentes, na região central de São Paulo. A falta de banheiros pela avenida fez com que as grades e muros próximos à estação da Luz virassem grandes banheiros públicos.

Nesta segunda, cinco blocos desfilaram pelo local, entre eles “Domingo Ela não Vai” e “Lua Vai”, que homenagearam os anos 90 e o “Bloco Emo”, que levou uma pegada mais rock aos foliões.

Por volta das 18h, a reportagem flagrou ao menos 15 pessoas urinando nos portões da Praça da Luz, bem ao lado de uma viatura da Guarda Civil Municipal. Poucos metros a frente, próximo ao posto médico, haviam quatro banheiros, todos desativados.

Desde o Carnaval do ano passado, quem urinar nas ruas da capital paulista pode ser multado em 500 reais com base no decreto municipal.

Na terça-feira estão marcados os desfiles do “SP Beats”, às 14h, e o “Bloco da Pabllo”, da cantora Pabllo Vittar, às 15h.

Questionada sobre a distribuição de banheiros na via, a prefeitura enviou a seguinte nota:

A Subprefeitura Municipal das Subprefeituras informa que 200 banheiros químicos foram disponibilizados na região da Avenida Tiradentes e que, no final de semana do pré-carnaval, 23 e 24 de fevereiro,  foram realizadas 45 notificações de multas de xixi e 1.781 apreensões de produtos irregulares. Já no final de semana do feriado de carnaval, 2 e 3 de março,  foram 146 multas de xixi e 2.445 apreensões.