Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ataque da aviação israelense mata 5 palestinos em Gaza

Gaza, 29 out (EFE).- Ao menos cinco palestinos morreram neste sábado e outros três ficaram feridos em um ataque da aviação israelense contra um campo de treinamento das Brigadas Al Quds, braço armado da Jihad Islâmica, em Rafah, ao sul da Faixa de Gaza.

O porta-voz de emergências do Ministério da Saúde do Hamas na faixa, Adham Abu Selmeya, confirmou que nos hospitais de Rafah chegaram até o momento cinco mortos e três feridos.

Ele revelou que o número de vítimas pode ser maior porque as equipes de resgate e ambulâncias estão transportando mais feridos para os hospitais de Rafah.

Testemunhas contaram à Efe que uma forte explosão foi ouvida nas primeiras horas da tarde em um posto de treinamento das Brigadas Al Quds na cidade de Rafah, próxima a fronteira de Gaza com o Egito.

Embora no princípio acreditassem que a explosão teria sido provocada por um acidente, as Brigadas Al Quds garantiram depois em comunicado que um avião militar israelense disparou dois mísseis sobre a base.

Entre os mortos está Ahmed Sheikh Khalil, um veterano dirigente do grupo e mais quatro ativistas. As Brigadas ameaçaram com uma ‘forte, contundente e rápida’ resposta.

Um comunicado do Exército israelense confirmou a operação e afirmou que um avião militar atacou ‘um esquadrão terrorista’ no sul de Gaza que ‘se preparava para lançar foguetes de longo alcance’ contra o território israelense.

Conforme o Exército, esse grupo foi o responsável pelo lançamento de foguetes de longo alcance no sul de Israel na última quarta-feira.

‘O alvo foi identificado e a tentativa de lançamento frustrada’, indicou o comunicado. No mesmo documento, o Exército ressalta que ‘não vai tolerar nenhuma tentativa de prejudicar civis e soldados israelenses e continuará operando com força e determinação contra qualquer uso de terror contra o Estado de Israel’.

O comunicado considerou que a ‘organização terrorista Hamas’ é a única responsável por qualquer atividade terrorista a partir da Faixa de Gaza.

A aviação israelense lançou ataques na quinta-feira contra o sul de Gaza em resposta ao lançamento de um foguete à cidade de Ashdod, a 30 quilômetros de Tel Aviv. Não houve feridos nessa ação. EFE