Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Abert cobra esclarecimento de morte de radialista na BA

Por Da Redação - 3 jan 2012, 20h02

Por Tiago Décimo

Salvador – A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) emitiu nota, na noite de hoje , cobrando que o poder público “atue prontamente para o esclarecimento e a punição dos responsáveis” pelo assassinato do radialista Laércio de Souza, da Rádio Sucesso, de Camaçari, região metropolitana de Salvador. O crime ocorreu por volta das 12h30.

De acordo com a nota, assinado pelo presidente da Abert, Emanoel Soares Carneiro, “profissionais e veículos de comunicação têm sido alvos cada vez mais frequentes do narcotráfico e do crime organizado” e é preciso agilidade das autoridades. “Sob pena de vermos a liberdade de expressão e de imprensa, princípios vitais à democracia, ameaçada por imposição da violência”, diz o texto.

Publicidade