Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Abdelmassih e Anna Jatobá mais perto da liberdade. É justo?

Autores de crimes hediondos, ele saiu do regime fechado, e ela está prestes a deixá-lo. É difícil compatibilizar o papel da Justiça à luz da opinião pública

Por Ullisses Campbell e Pieter Zalis
Atualizado em 26 jun 2017, 08h43 - Publicado em 24 jun 2017, 08h00

Na mesa de despachos da juíza Sueli Armani, da 1ª Vara de Execuções Criminais de Taubaté, no interior de São Paulo, havia na semana passada dois cartapácios de papel que traduzem capítulos rumorosos da indignação dos brasileiros com crimes recentes de imensa repercussão.

Num deles, há o processo de Roger Abdelmassih, 74 anos, condenado a 181 anos de prisão por abusar sexualmente de pacientes em sua clínica de reprodução humana. No outro, está a hedionda história de Anna Carolina Jatobá, condenada a 26 anos e oito meses de prisão pela morte da enteada, a menina Isabella Nardoni que, em 2008, com apenas 5 anos de idade, foi jogada do sexto andar do apartamento onde passa os finais de semana com a madrasta e o pai, Alexandre.

No caso do médico-monstro, Sueli concedeu o benefício da pena em prisão domiciliar – ele cumpria a sentença desde 2014, no Complexo Penitenciário de Tremembé. Em relação a Anna Carolina, que pedira progressão ao regime semiaberto, até a sexta-feira a decisão não havia saído, mas tudo indicava o caminho da soltura. A reação foi imediata.

Para ler a reportagem na íntegra, compre a edição desta semana de VEJA no iOS, Android ou nas bancas. E aproveite: todas as edições de VEJA Digital por 1 mês grátis no Go Read.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.