Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
#VirouViral Por Coluna Como surgem e se espalham os assuntos mais comentados da internet

‘Caneta azul, azul caneta’: o hit improvável que conquistou os famosos

Composta pelo vigilante maranhense Manoel Gomes, canção já conquistou mais de 8 milhões de visualizações no YouTube desde seu lançamento

Por Redação - 30 out 2019, 19h10

“Caneta azul/ Azul caneta/ Caneta azul/ Está marcada com a minha letra”. Adicione a esses versos uma interpretação musical cheia de emoção: aí está a receita do sucesso da canção Caneta Azul, composta pelo maranhense Manoel Gomes. A música sobre uma caneta perdida pelo autor numa escola já conquistou mais de 8 milhões de visualizações no YouTube desde seu lançamento, no dia 18 de outubro. “Todo dia eu viajo para o colégio/ Com uma caneta azul e uma caneta amarela/ Eu perdi minha caneta/ E peço, por favor, para quem encontrou me entrega ela”, continua a canção.

O sucesso da composição fez com que seu autor – que trabalha como vigilante – investisse na carreira. Na última segunda-feira 28, Gomes foi a um cartório para registrar os direitos autorais da canção. “Hoje foi um dia de muita alegria e realizações! Pois foi registrado o hit Caneta Azul no Cartório do Segundo Ofício da Cidade de Balsas, MA!”, escreveu em post no Instagram. “Os agradecimentos maiores são para nosso Pai! Obrigado, meu Deus! Obrigado a todos os amigos, artistas, familiares e admiradores pelo carinho!”

O refrão chiclete não chamou a atenção somente dos internautas. Celebridades como a cantora Simaria, o humorista Tirullipa e o apresentador Rodrigo Faro compartilharam vídeos com seus próprios covers do hit nas redes sociais. Confira:

Publicidade

Enquanto Alok deu uma batida eletrônica ao sucesso nos Estados Unidos, Wesley Safadão decidiu cantar um trechinho da música em seu show na cidade de Marabá, no Pará. “O resto eu não aprendi, não”, confessou.

View this post on Instagram

Publicidade

O hit do verão já chegou nos EUA 🇺🇸🇺🇸😂😂 @gabrieltwa você não existe kkkkk 👉 Caneta Azul (@sevenn e Alok rmx) Manaus: to chegando dia 01 de novembro hein?

A post shared by Alok (@alok) on

Desde a publicação do vídeo, Manoel Gomes foi chamado para pequenas performances e participações em programas locais. Mas no último sábado 26, o compositor amador teve um gostinho real da fama: ele foi convidado ao subir no palco do cantor sertanejo Thiago Brava durante um show em Porto Nacional, Tocantins.

Publicidade

 

“A música perdeu um pouco da alegria, de música para cima, música pra se divertir, engraçada…”, comentou o sertanejo após o show. “Acho que o povo está com saudade disso daí, um negócio irreverente. E é isso aí, galera. Caneta Azul pipocou no Brasil, tem que respeitar o homem. Não dá pra acreditar não.”

“Aí a gente para para refletir como é que a nossa música… O tanto que é democrático hoje o negócio das redes sociais”, completou.

Publicidade

Engana-se quem pensa que o maranhense vai parar por aí. O cantor já lançou sua segunda música, Eu Vou Deixar de Ser Besta, e revelou que sua ambição é que Caneta Azul se torne o hit do Carnaval 2020. Será?

 

Publicidade