Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Popol Vuh’: mitologia guia livro sagrado do povo maia-quiché

Para obra, escrita no século XVI, o princípio de tudo se deu pela palavra de várias entidades divinas e o ser humano não foi feito de barro, mas de milho

(Tradução de Josely Vianna Baptista; Ubu; 384 páginas; 99 reais) No Gênesis, o primeiro livro da Bíblia, o mundo começa a ser criado quando Deus diz “haja luz”. No Popol Vuh, livro sagrado do povo maia-quiché, o princípio de tudo se dá pela palavra não de um só deus, mas de várias entidades divinas que proclamam a existência de árvores e animais. Já o ser humano não foi feito de barro, como nas escrituras judaicas — mas de milho. Epopeia mitológica de uma vigorosa civilização pré-colombiana, o Popol Vuh ganha nova edição, acompanhada de notas e de uma esclarecedora introdução sobre a história da obra e sobre o esforço da tradução, feita a partir da mais antiga versão em espanhol, dos idos de 1550.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s