Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
VEJA Recomenda Por Coluna Os principais lançamentos da música, do cinema, da literatura e da produção infanto-juvenil, além da TV, comentados pelo time de VEJA

Em belo livro, autora aposta do Nobel traz mito de Hércules à atualidade

'Autobiografia do Vermelho', um 'romance em versos' de Anne Carson, vê Gerião, outrora monstro grego, como um menino sensível apaixonado pelo herói grego

Por Tamara Nassif Atualizado em 5 nov 2021, 17h42 - Publicado em 5 nov 2021, 07h00
LIVRO - AUTOBIOGRAFIA DO VERMELHO, de Anne Carson (tradução de Ismar Tirelli Neto; Editora 34; 192 páginas; 52 reais) -
LIVRO – AUTOBIOGRAFIA DO VERMELHO, de Anne Carson (tradução de Ismar Tirelli Neto; Editora 34; 192 páginas; 52 reais) – //Divulgação

Antes de ser herói, Hércules, segundo a mitologia, teve de cumprir doze tarefas. Na décima, o semideus conquistou o rebanho de bois vermelhos de Gerião, um gigante que ele mata a flechadas. A autora canadense, nome recorrente nas apostas para o Nobel de Literatura, traz o mito para os dias de hoje. Gerião é um rapaz sensível que se apaixona por Héracles — nome de Hércules no grego — e, em vez de ter o crânio perfurado, tem seu coração partido. Neste belo “romance em versos”, lírico e prosaico se fundem numa narrativa de formação.

 

VEJA RECOMENDA | Conheça a lista dos livros mais vendidos da revista e nossas indicações especiais para você.

 

Continua após a publicidade

Publicidade