Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Billions’: sexo, ciúme e muito dinheiro

Produção criada por colunista do 'New York Times' ganha DVD com a primeira temporada

O procurador Chuck Rhoades (Paul Giamatti) odeia Bobby Axelrod (Damian Lewis), astro dos fundos de investimentos — porque suspeita que o sucesso dele se deve em boa medida ao uso de informações privilegiadas; porque Bobby é um tipão e ele, Chuck, não é; e porque sua mulher, Wendy Rhoades (Maggie Siff), é amiga, confidente e sócia de Bobby, e o admira abertamente. O caxias Chuck é um cruzado da moralidade nos negócios, mas não há muita dúvida de que o ciúme sexual é o principal motivador das investidas belicosas que ele vem fazendo contra a firma do investidor. Bobby, que saiu do nada e se tornou bilionário, de bobo não tem nada, e diverte-se manipulando as emoções mal contidas do procurador. O elenco arrasa, e a série criada por Andrew Ross Sorkin, colunista do New York Times, exala o gosto pela notícia e pela investigação — além de ser deliciosamente despudorada nas táticas para fisgar o espectador.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s