Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
VEJA Música Por Sérgio Martins Música sem preconceito: de Beethoven a Pablo do arrocha, de Elis Regina a Slayer

Paula Santisteban estreia videoclipe do primeiro disco

Cantora paulistana se inspira em Brigitte Bardot. Enquanto Não Passar, do seu álbum de estreia, foi gravado num parquen na zona leste de São Paulo

Por Sérgio Martins - 11 set 2019, 17h59

No ano passado, o pianista e compositor Fábio Góes me deu uma dica preciosa: uma cantora chamada Paula Santisteban, que foi a última produção de Carlos Eduardo Miranda (1962-2018), lendário produtor de bandas como Raimundos e Skank. Foi-se marcada uma conversa musical com Paula e seu marido, o guitarrista Eduardo Bologna, e houve um encantamento mútuo. Paula não apenas tinha um trabalho pedagógico interessante – o Música em Família, que a dupla leva para as escolas, e um belo disco solo, com um leque de influências que ia de Roberto Carlos ao pop puro e simples. O álbum foi apresentado para algumas gravadoras. Umas, esnobaram o trabalho; outras, surgiram com propostas fora da realidade, e pelo menos uma (a Warner) veio com a realidade atual do mercado. Paula fechou um contrato de distribuição com a companhia de Tiê e Iron Maiden. Paula Santisteban, o disco, chegou às plataformas de streaming em setembro e ganhou uma edição física em março.

Hoje Paula Santisteban lança mais uma nova etapa de seu trabalho. O clipe de Enquanto Não Passar foi gravado num parque de diversões da zona leste de São Paulo e está disponível desde hoje no YouTube. A inspiração foi um clipe de Brigitte Bardot, no qual ela canta com uma roupa bem sóbria. Assistam ao clipe de Paula e o de Brigitte façam suas comparações.

 

Publicidade

 

Publicidade