Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
VEJA Gente Notícias, bastidores e conversas de quem é assunto na cultura, na política, nos negócios e em outras rodas

Renata Abravanel tem posse adiada como diretora do Grupo Silvio Santos

Ficou sem clima a troca de guarda em decorrência da crise sanitária e econômica

Por João Batista Jr. Atualizado em 15 Maio 2020, 13h50 - Publicado em 15 Maio 2020, 06h00

Sem alarde nem comunicado, foi postergada a posse de Renata Abravanel no cargo de diretora do Grupo Silvio Santos. Era para ela ter ocupado o posto no fim de março, mas ficou sem clima a troca de guarda em decorrência da crise sanitária e econômica. A projeção é que a mudança seja feita apenas em 2021, quando Guilherme Stoliar, seu primo e atual presidente do grupo, deverá assumir uma cadeira no conselho da empresa e cuidar de seus negócios particulares. Filha caçula de Silvio Santos, Renata, 35 anos de idade, é avessa a holofotes. Ela comandará empresas como SBT, Jequiti e Tele Sena, com um total de mais de 5 000 funcionários.

Publicado em VEJA de 20 de maio de 2020, edição nº 2687

  • Publicidade