Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Gloria Perez vai esclarecer os homofóbicos desinformados’

Escalada para viver ela mesma na novela ‘A Força do Querer’, Jane Di Castro vai contracenar com Silvero Pereira, do coletivo As Travestidas

Atriz, cantora, cabelereira e transexual, a carioca Jane Di Castro será ela mesma em A Força do Querer, novela de Gloria Perez que substitui A Lei do Amor na faixa das 9 da Globo, a partir de abril. Aos 68 anos, cerca de 50 deles de carreira, é um reforço de peso para o núcleo trans da trama, que conta com o cearense Silvero Pereira, do coletivo teatral As Travestidas e do espetáculo BR-Trans, e com Carol Duarte como uma menina que se descobre menino e precisa enfrentar a família, o pai Eugênio (Dan Stulbach) e a mãe Joyce (Maria Fernanda Cândido), para fazer “a travessia”, como Gloria Perez já chamou o processo de se assumir. “A Gloria quer abrir a cabeça do ser humano para a transexualidade”, diz Jane.

“A Gloria é um luxo, uma autora preocupada com o compromisso social e não apenas com o Ibope”, continua a atriz. “E esse tema dá audiência – e muito. É o tema do momento. A transexualidade é top.” Apesar de ser um assunto muito falado hoje, a atriz acredita que precisa ser esclarecido. “As pessoas não sabem a diferença entre transexual e travesti. Eu mesma demorei para entender que não era travesti, mas transexual. Sou uma transexual não operada.”

A falta de compreensão leva à intolerância de “homofóbicos desinformados”, diz, embora garanta que é muito querida no Rio, em especial no bairro de Copacabana, onde mora atrás do Copacabana Palace. “As pessoas falam comigo na rua, me cumprimentam, me elogiam. A mãe da Narcisa me adorava.” O pior, avalia, já passou, mas ainda há um trabalho de conscientização a ser feito.

“A minha geração foi aquela que abriu caminho. Foi a primeira a se vestir de mulher na rua e enfrentar a polícia. A gente andava na rua e as pessoas me xingavam. Nos anos 1970, eu me transformei. Operei o nariz para dar um toque feminino, removi pelos, comecei a usar rabo de cavalo, comprei brincos de ouro. Quando eu percebi que as pessoas não achavam mais que eu era homem, foi a glória. Também para o meu marido, Otávio, com quem eu sou casada há 50 anos. Ele sofreu muito.”

Carol Duarte, a menina que se descobre menino em 'A Força do Querer', e Maria Fernanda Cândido, que faz sua mãe, Joyce, na novela de Gloria Perez Carol Duarte, a menina que se descobre menino em ‘A Força do Querer’, e Maria Fernanda Cândido, que faz sua mãe, Joyce, na novela de Gloria Perez

Carol Duarte, a menina que se descobre menino em ‘A Força do Querer’, e Maria Fernanda Cândido, que faz sua mãe, Joyce, na novela de Gloria Perez (/)

Segundo Jane, é nos momentos de ofensa que renasce o homem que há dentro dela – seu nome de batismo é Luiz Di Castro. “Mas não chego a ser Madame Satã.”

Jane conta que se descobriu menina ainda na infância. Nunca gostou de roupa masculina, admirava as roupas da mãe e das irmãs e as experimentava escondida no banheiro. Mas só foi se assumir nos anos 1960, depois de peitar a mãe evangélica e o pai militar – o mais maleável dos dois, afirma. “Eu era muito infeliz como rapazinho, tinha muito complexo de sair na rua com pelos. Eu tinha uma mulher dentro de mim que estava presa e, quando ela despertou, não só melhorou a minha cabeça, como a minha vida profissional se transformou. Nos salões de beleza, de tão bonita que eu fiquei, modéstia à parte, as pessoas me queriam trabalhando.”

O nome artístico viria em partes. Em 1966, foi rebatizada de Jane pela equipe de produção do espetáculo Les Girls, no Teatro Dulcina. Em 1981, foi dirigida por Bibi Ferreira em Gay Fantasy, no Teatro Alasca, e recebeu um toque da diretora. “Você precisa de um sobrenome. Jane só tem uma famosa, e é a do Tarzã.”

Em seu maior trabalho na TV, depois de aparecer em dois capítulos de Explode Coração (1995-96), e cantar Cazuza em Salve Jorge (2012-13), no cabaré das traficadas, ambas produções de Gloria Perez, Jane Di Castro ainda não sabe ao certo o que fará. “A Gloria não fala nada. Só vou saber mais da minha participação quando ela mandar o capítulo, acredito que em março. Começo a gravar em abril.”

Jane Di Castro, 68, será ela mesma em 'A Força do Querer' Jane Di Castro, em apresentação

Jane Di Castro, em apresentação (/)

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. vladimir dubrosky

    ESTE MUNDO FOI CRIADO, DESDE O PRINCIPIO DOS SECALOS COM AS PERSONAGENS ;
    HOMEM E MULHER (somente dois sexos).
    OUTRROS SEXO EH ABERRACAO.

    Curtir

  2. Um transtorno psicológico…

    Curtir

  3. Helio Carneiro

    O que essa senhora faz é um desserviço a nação. Moldando a sociedade com valores espúrios. Uma miserável mas com os bolsos cheios enquanto as idéias vão sendo introduzidas sutilmente nos brasileiros incentivando comportamento.

    Curtir

  4. Flávio Santos Carneiro

    le a reportagem, depois fala contra. se não tivesse interesse estaria lendo outra coisa. so existe homem e mulher, por isso homem vira mulher e mulher vira homem. esse pessoal não entende nada de endocrinologia e acaba falando bobagem

    Curtir

  5. Fernanda Mancini

    Os Falsos moralistas punheteiross metidos moralistas estão nervosos.

    Curtir

  6. Fernanda Mancini

    adoro ler o piripaque dos falsos moralistas.. vão se acostumando babacas

    Curtir

  7. Antonio Rebello

    MAIS LIXO COMUNISTA BOMBARDEANDO POVO.VOLTA EXERCITO.

    Curtir

  8. Geroldo Zanon

    Ela é amiga da DILMA

    Curtir

  9. Este ano o grupo Globo está promovendo o gayzismo de uma forma pesadíssima!
    Quando destruírem a família, quero ver o choro desses idiotas (ainda) úteis no paredão de fuzilamento.
    Assim fazem os PSICOPATAS: após eliminarem os inimigos (neste caso, a família), eliminam os indesejáveis (os idiotas-militantes, que não são mais úteis à “causa”).

    Curtir

  10. Rogério Ruminski

    Adoro a Jane Di Castro. Acho ela uma pessoa carismática e ensolarada. Que bom que ela superou as adversidades e tem conseguindo viver uma vida plena na cidade maravilhosa. Ela é a cara do Rio de Janeiro. Vou ver a novela pela Jane e também pela Glória Perez pela minha admiração por ela colocar em cena questões sociais e promover o debate. Beijos para as duas.

    Curtir