Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
VEJA Gente Por Cleo Guimarães Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios

BrazilFoundation arrecada 10 milhões de reais em 2018

Gloria Maria em chega mais com ator, Gianecchini entra no terceiro setor e perfume desaparece em noite de gala

Por João Batista Jr. Atualizado em 30 nov 2018, 16h04 - Publicado em 29 nov 2018, 17h41

Com decoração geométrica nas cores branca e preta, a Casa Fasano, em São Paulo, recebeu o baile de gala em prol da BrazilFoundation na quinta (28). A entidade distribuiu 40 milhões de dólares para 175 entidades em todo o Brasil ao longo de dezessete anos. Só em 2018, foram doados 10 milhões de reais a despeito da crise política e econômica. Claro, há sempre mais o que fazer. O Balé de Paraisópolis atende 200 crianças – mas tem outras 2 000 na fila de espera.

Reynaldo Gianecchini, um dos apresentadores da noite, contou estar feliz de entrar no terceiro setor. “Abro no começo do ano que vem um centro de apoio a crianças e idosos em Birigui, cidade onde nasci”, disse. Homenageada por seu trabalho filantrópico à frente Centro Israelita de Amparo ao Menor (Ciam), Ana Schwartzman relembrou uma frase do escritor Liev Tolstoi: “Só há uma forma de ser feliz: viver para os outros”. Foi bastante aplaudida.

O leilão – cantado magistralmente por Fernanda Gentil e Jonathan Azevedo – presencial teve menos experiências e itens em comparação aos anos anteriores, uma vez que parte da disputa se dá pela internet. Uma viagem para Turquia e outros destinos da Ásia foi arrematada por 40 500 reais. Uma fotografia assinada por Simone Monte, por 20 000 reais. A festa já nasce paga, patrocinada pela grife Chanel, que arca com toda a estrutura do evento em si, e pela venda das mesas (entre 45 000 e 30 000 reais).

Jonathan Azevedo, um dos leiloeiros: casaco Chanel e amizade com Gloria Maria //.

A noite contou com uma miríade de famosos. Gloria Maria, uma das mais lindas em um longo verde, estava cheia de chame com Jonathan Azevedo – o chamou de canto uma hora para uma conversa privada. Roberta Miranda, que na noite anterior revelou à Tatá Werneck ter namorado uma travesti, chegou faminta: pediu logo um prato de salada – que não constava no cardápio da noite, diga-se. “Eu namorei a travesti por quatro meses, quando eu tinha 16 anos”, contou. Flávia Alessandra era a mais linda. Usava um longo preto, todo recortado, que mostrava-escondia parte dos seios. Por onde passava, homens e mulheres viravam o pescoço para admirar. Passaram por lá Fafá de Belém, Carol Trentini, Lu Tranchesi, Sophie Charlotte, Daniel de Oliveira, Laura Neiva, Carol Bittencourt, Helena Bordon, Donata Meirelles, Suzi Pires, Isabella Fiorentino e Costanza Pascolato, entre outros.

A Chanel deixa uma sacola com um perfume dentro em todas as cadeiras do salão. Ao final, uma convidada ficou desolada. Enquanto se levantou para curtir o show da Maria Rita, alguém botou a mão em sua sacola e… vupt. Ela só percebeu o furto na hora de ir para a casa. A gatuna não entendeu nada sobre uma noite tão especial.

Continua após a publicidade

Publicidade