Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Última temporada de ‘Wallander’ estreia no Brasil antes da Inglaterra

A quarta e última temporada de Wallander só estreará na Inglaterra, pelo canal BBC1, no mês de maio, em dia ainda a ser confirmado, mas os três episódios produzidos já podem ser conferidos pelos brasileiros, pelo site de streaming Netflix. O Brasil é o terceiro país, que se tem notícias, a exibir a última temporada da […]

Kenneth Branagh em 'Wallander' (Fotos: BBC/ARD)

Kenneth Branagh em ‘Wallander’ (Fotos: BBC/ARD)

A quarta e última temporada de Wallander só estreará na Inglaterra, pelo canal BBC1, no mês de maio, em dia ainda a ser confirmado, mas os três episódios produzidos já podem ser conferidos pelos brasileiros, pelo site de streaming Netflix.

O Brasil é o terceiro país, que se tem notícias, a exibir a última temporada da série antes da Inglaterra. Pelo que se sabe, eles já foram ao ar na Alemanha (no final de 2015) e na Polônia, que os exibiu em março. No dia 11 de abril, a temporada estreia na Nova Zelândia; e no dia 8 de maio ela estreia nos EUA.

Adaptação da obra do sueco Henning Mankell, a série estrelada por Kenneth Branagh acompanha a vida e os trabalhos do detetive Kurt Wallander.

Os livros adaptados para a última temporada são The White Lioness e The Troubled Man. O primeiro traz roteiro de Peter Harness (Case Histories) e direção de Jonathan van Tulleken (Top Boy), e é adaptado em um único episódio. O segundo, com roteiro de James Dormer (Spooks, The Fixer) e direção de Ben Caron (My Mad Fat Diary), é adaptado em dois episódios, que receberam os títulos de A Lesson in Love e The Troubled Man.

Na primeira história, Wallander descobre que o assassinato de uma dona de casa pode estar ligado às atividades de um agente estrangeiro. Nos dois últimos episódios, enquanto o detetive investiga o desaparecimento do sogro de sua filha, ele descobre uma rede de espionagem na Suécia. Neste meio tempo, Wallander percebe que está tendo problemas para se lembrar de algumas coisas.

No elenco também estão Jeany Spark, que interpreta Linda, filha de Wallander; Richard McCabe, como o patologista Nyberg; Barnaby Kay, como Lennart Mattson, chefe de polícia; e Ingeborga Dapkunaite, como Baiba Liepa.

Wallander é uma produção da Left Banks Pictures em parceria com a Yellow Bird, TKBC, Masterpiece, TV4, Film i Skåne e ARD Degeto, com apoio financeiro da Ystad Österlen Filmfond e da Copenhagen Film Fund. As filmagens foram realizadas na África do Sul, Suécia e Dinamarca.

Cliquem nas fotos para ampliar.

#gallery-1 {
margin: auto;
}
#gallery-1 .gallery-item {
float: left;
margin-top: 10px;
text-align: center;
width: 25%;
}
#gallery-1 img {
border: 2px solid #cfcfcf;
}
#gallery-1 .gallery-caption {
margin-left: 0;
}
/* see gallery_shortcode() in wp-includes/media.php */

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Fernando

    Gostei da noticia. A série havia saído do Netflix Brasil, felizmente retornou.

    Curtir

  2. Comentado por:

    Danilo

    Será que ele está com alhzeimer como o pai?

    Curtir

  3. Comentado por:

    Bia

    Ótima série, pena que é a última temporada.

    Curtir

  4. Comentado por:

    Débora

    Amei a série

    Curtir

  5. Comentado por:

    Jose Aloisio Soares

    Série bem trabalhada, Locação e trilha sonora nota dez. Explora episódios de forma inteligente com a parte introdutória. Nada a ver, lembra Hinterland. Foge às regras de sua corporação policial envolvendo problemas domésticos como ocorre nos excelentes personagens de Jo, Luther, Carrie Mathison (Homeland), Detective Cross (The bridge); Elizabeth Keen (Blacklist). Final emocionante com teores humanos. Recomendável.

    Curtir