Clique e assine a partir de 9,90/mês
Nova Temporada Por Fernanda Furquim Este é um espaço dedicado às séries e minisséries produzidas para a televisão. Traz informações, comentários e curiosidades sobre produções de todas as épocas.

Série brasileira ‘3%’ estreia no Netflix em novembro

Postagem atualizada no dia 27 de outubro para inclusão do cartaz e trailer estendido.  Anunciada em março deste ano,  3%, a primeira série brasileira do serviço de streaming Netflix, estreia no dia 25 de novembro. Foram produzidos oito episódios. Esta é uma série criada por Pedro Aguilera Fernandes (Os Homens São de Marte e É Pra Lá […]

Por Fernanda Furquim - Atualizado em 1 dez 2016, 15h32 - Publicado em 10 out 2016, 11h56

3 por cento S1-1Postagem atualizada no dia 27 de outubro para inclusão do cartaz e trailer estendido. 

Anunciada em março deste ano,  3%, a primeira série brasileira do serviço de streaming Netflix, estreia no dia 25 de novembro. Foram produzidos oito episódios.

Esta é uma série criada por Pedro Aguilera Fernandes (Os Homens São de Marte e É Pra Lá Que Eu Vou) que surgiu de um projeto oferecido à TV Cultura em 2009. Selecionado pelo programa Mais Cultura, o projeto ganhou a encomenda de um piloto para avaliação, com produção da Maria Bonita Produções. Na ocasião, o projeto não virou série, mas o piloto foi disponibilizado no YouTube em 2011 como uma websérie em três websódios.

Segundo os produtores, o objetivo da série é o de levantar o debate sobre a imposição de processos de seleção que o ser humano passa ao longo de sua vida, bem como as diferenças sociais e o nível moral das autoridades.

Trata-se de um thriller futurista que segue a mesma linha da francesa Trepalium, que estreou este ano em seu país pelo canal ARTE. Em 3%, a história é situada em um Brasil no qual a sociedade vive separada em regiões de progresso e de total devastação.

#gallery-1 {
margin: auto;
}
#gallery-1 .gallery-item {
float: left;
margin-top: 10px;
text-align: center;
width: 20%;
}
#gallery-1 img {
border: 2px solid #cfcfcf;
}
#gallery-1 .gallery-caption {
margin-left: 0;
}
/* see gallery_shortcode() in wp-includes/media.php */

Quem vive no Continente sofre com a falta de energia elétrica, água e comida. Ao atingir a idade de vinte aos, eles têm a chance de participar de um processo competitivo e cruel que dará a oportunidade aos vencedores de viver em Mar Alto, a área privilegiada da sociedade. Mas somente 3% dos inscritos terão esta chance.

Entre os candidatos estão Michele (Bianca Comparato, de A Menina Sem Qualidades, Sessão de Terapia, O Hipnotizador), uma jovem idealista que tem seus próprios motivos para se inscrever; Rafael (Rodolfo Valente), um jovem egoísta; Marco (Rafael Lozano, de Sessão de Terapia), um líder nato mas que não aceita que questionem seus métodos; Joana (Vaneza Oliveira), uma jovem que acredita que o mais forte é quem sobrevive; e Fernando (Michel Gomes), um cadeirante filho de um pastor que acredita cegamente no sistema.

Por outro lado, a equipe que cuida do Processo também vive uma situação na qual precisa provar seu valor, sendo que seus membros são constantemente avaliados. Entre eles está o chefe do processo de seleção, Ezequiel (João Miguel, de Felizes para Sempre?, A Teia, O Canto da Sereia), um homem de pavio curto que tem seus métodos avaliados por Aline (Viviane Porto), uma mulher ambiciosa.

No elenco também estão Zezé Motta (Chiquinha Gonzaga), Nicolau Breyner e Mel Fronckowiak, que interpreta Júlia, esposa de Ezequiel.

A produção é da Boutique Filmes com direção do uruguaio Cesar Charlone.

Cliquem nas fotos para ampliar.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=yn4-Fy6MR48?feature=oembed&w=500&h=281%5D

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=LR5vVv2RDLw?feature=oembed&w=500&h=281%5D

Continua após a publicidade
Publicidade