Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Nova Temporada Por Fernanda Furquim Este é um espaço dedicado às séries e minisséries produzidas para a televisão. Traz informações, comentários e curiosidades sobre produções de todas as épocas.

MGM Desenvolve Projeto de Série Sobre os Vikings

Na disputa entre séries ambientadas nos anos de 1960 x séries situadas em outros séculos, a segunda ganha. Enquanto “Mad Men” influencia as produções de “Playboy” e “Pan Am”, entre outros projetos em desenvolvimento, “Roma” (2005-2007) continua influenciando o surgimento de novas séries situadas em períodos mais distantes. Já tivemos “The Tudors” e “Pilares da […]

Por Fernanda Furquim Atualizado em 1 dez 2016, 15h54 - Publicado em 24 Maio 2011, 18h23

Cartaz do filme de 1958Na disputa entre séries ambientadas nos anos de 1960 x séries situadas em outros séculos, a segunda ganha. Enquanto “Mad Men” influencia as produções de “Playboy” e “Pan Am”, entre outros projetos em desenvolvimento, “Roma” (2005-2007) continua influenciando o surgimento de novas séries situadas em períodos mais distantes.

Já tivemos “The Tudors” e “Pilares da Terra” (que terá uma continuação). Agora temos “The Borgias”, “Game of Thrones”, “Camelot”, “Spartacus”, …esqueci alguma? Sem mencionar, é claro, as séries britânicas, que sempre apostaram em produções de época.

Nessa linha, a MGM se associou aos produtores Michael Hirst e Morgan O’Sullivan para desenvolver o projeto de “Vikings“, título provisório. Embora o projeto seja ambicioso, é melhor não se empolgar. Hirst já provou não ser muito bom no desenvolvimento de roteiros e personagens de séries, haja visto “The Tudors”, “The Borgias” e “Camelot”.

Segundo o site Deadline, “Vikings” poderá entrar em produção em 2012, com uma encomenda de 10 episódios para a primeira temporada. Prevista para ser filmada na Irlanda e no Canadá, a série ainda não tem um canal para ser exibida.

Jerome Courtland na série de 1959

O projeto começou a ser desenvolvido por Sherry Marsh e Alan Gasmer, que se associaram à MGM. Foi então que o estúdio chamou O’Sullivan para assumir o comando. Este, por sua vez, buscou a ajuda de Hirst, que deverá ficar a cargo de todos os roteiros.

A ideia é apresentar as aventuras de um grupo de guerreiros, liderado por Ragnar Lothbrok. Este é um personagem real, que viveu no período áureo da era Viking, tornando-se um dos guerreiros mais populares das lendas nórdicas. Considerando-se descendente de Odin, Ragnar chegou a ser coroado rei da Dinamarca e da Suécia. Em 1958, Hollywood produziu o filme “Vikings, os Conquistadores/The Vikings”, com Ernest Borgnine no papel de Ragnar.

Se produzida, esta será a segunda série sobre os guerreiros Vikings. Em 1959, a United Artists, em parceria com a Brynaprod, S.A. Production (empresa de Kirk Douglas), produziu a série “Tales of the Vikings/Os Vikings”, estrelada por Jerome Courtland, com um total de 39 episódios, que foram exibidos nos EUA em canais regionais (syndication).

Continua após a publicidade

Publicidade