Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Nova Temporada Por Fernanda Furquim Este é um espaço dedicado às séries e minisséries produzidas para a televisão. Traz informações, comentários e curiosidades sobre produções de todas as épocas.

Mary Tyler Moore Receberá Homenagem do SAG em 2012

O Sindicato dos Atores anunciou esta manhã que a atriz Mary Tyler Moore será homenageada pela instituição durante a entrega do SAG Awards no dia 29 de janeiro de 2012. Ela receberá o Screen Actors Guild Life Achievement Award por sua vida e carreira. Tendo estrelado as sitcoms “Dick Van Dyke Show”, na década de […]

Por Fernanda Furquim Atualizado em 31 jul 2020, 10h50 - Publicado em 8 set 2011, 15h45

Mary Tyler Moore em 2011

O Sindicato dos Atores anunciou esta manhã que a atriz Mary Tyler Moore será homenageada pela instituição durante a entrega do SAG Awards no dia 29 de janeiro de 2012. Ela receberá o Screen Actors Guild Life Achievement Award por sua vida e carreira.

Tendo estrelado as sitcoms “Dick Van Dyke Show”, na década de 1960, e “Mary Tyler Moore”, na década de 1970, Mary interpretou dois perfis da mulher americana na TV.

Na primeira, ela era a esposa e mãe que se preocupava com o bem estar da família. Mantendo uma relação com o marido que estabelecia um diálogo entre iguais, Mary personificou a dona de casa moderna.

Na sitcom da década de 1970, Mary representou a mulher que troca uma vida de esposa e mãe por uma carreira, sem deixar de lado sua vida sexual. Definindo um perfil de mulher da época, ela se tornou ícone de uma geração. Em 2002, uma estátua retratando a imagem de Mary na abertura da sitcom foi erguida em Minneapolis, cidade onde a série teve suas locações filmadas.

Mary na sitcom da década de 1970 que leva seu nome

Continua após a publicidade

No cinema, a atriz estrelou o aclamado “Gente como a Gente”, filme que resgatou uma situação vivida pela própria atriz. Na história, ela é uma mulher que perdeu o filho mais velho em um acidente de barco, sendo que o segundo filho tenta o suicídio. Na vida real, Mary perdeu seu único filho quando, aos 24 anos, ele morreu vítima de acidente com uma arma de fogo.

A atriz também estabeleceu-se no meio artístico como produtora. Tal como ocorreu com Lucille Ball e Desi Arnaz na década de 1950, quando criaram a Desilu para produzir “I Love Lucy”, Mary e seu marido na época, Grant Tinker, criaram a MTM Enterprise, para produzir “Mary Tyer Moore”.

Mary com Dick Van Dyke na década de 1960

A partir daí, a empresa se tornou sinônimo de qualidade ao oferecer outras séries importantes para o veículo, como “Rhoda”, “Lou Grant”, “The Bob Newhart Show”, “Chumbo Grosso/Hill Street Blues” e “St. Elsewhere”, entre outras.

Diagnosticada com Diabetes Tipo 1, a atriz vem nos últimos 30 anos promovendo programas de conscientização da doença.

Em nota oficial à imprensa, o ator Ken Howard, presidente do Sindicato, disse que: “Mary Tyler Moore conquistou nossos corações como Laura Petrie e Mary Richards; o nosso respeito por criar uma produtora que é sinônimo de qualidade; nossa consciência por abordar temáticas importantes no cinema e no teatro; e nossa admiração por tornar público seus problemas de saúde e de sua vida pessoal. Ela verdadeiramente representa o significado que existe por trás do Life Achievement Award do SAG e por isso estamos honrados em indicá-la como a homenageada do próximo evento”.

Em 2009, o SAG ofereceu este prêmio à Betty White, colega de Mary na sitcom da década de 1970. Em 2010, o homenageado foi Ernest Borgnine.

Continua após a publicidade
Publicidade