Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

EUA: ‘Dr. Kildare’ sai em DVD

Um dos clássicos da década de 1960, Dr. Kildare é a série que lançou a carreira de Richard Chamberlain (que nos anos 80 ficou conhecido como o rei das minisséries). Sem nunca ter sido disponibilizada em vídeo, Dr. Kildare é finalmente lançada em DVD pela Warner, que adquiriu parte do acervo da MGM produzido até 1986. […]

Um dos clássicos da década de 1960, Dr. Kildare é a série que lançou a carreira de Richard Chamberlain (que nos anos 80 ficou conhecido como o rei das minisséries).

Sem nunca ter sido disponibilizada em vídeo, Dr. Kildare é finalmente lançada em DVD pela Warner, que adquiriu parte do acervo da MGM produzido até 1986. Mas, apesar do sucesso que fez em sua época e de ainda ser lembrada por quem a acompanhou, a série é lançada no sistema MOD (video sob encomenda), tal como ocorreu com A Garota da UNCLE, Tarzan e O Homem do Fundo do Mar.

Segundo representantes do estúdio em entrevista ao jornal New York Post, a demora em lançar a série em DVD ocorreu porque eles estavam negociando o uso da trilha musical utilizada pela produção.

A primeira temporada, composta de 33 episódios, é lançada em DVD-R trazendo os seguintes atores convidados: Ted Knight, Suzanne Pleshette, Gavin MacLeod, Hayden Rorke, Anne Francis, William Shatner, Dick York, Ross Martin, Edward Platt, Ford Rainey, Dabbs Greer, Dick Sargent, Jean Stapleton, Beatrice Straight, Ellen Burstyn, Harvey Korman, Dan O’Herlihy, Dina Merrill, Martin Balsam, Arte Johnson, Jack Albertson, Ken Berry, Bill Mumy, Pat Hingle, William Schallert, Patricia Crowley, Lee Marvin, Cliff Osmond, Joseph Cotten, Stafford Repp, Lloyd Bochner, Ivan Dixon, entre outros.

Criado por Max Brand, pseudônimo de Frederick Schiller Faust, Dr. Kildare surgiu em 1936 com capítulos publicados em revistas. No ano seguinte, o personagem migrou para o cinema, com uma série de filmes produzidos pela MGM. No primeiro filme, Kildare foi interpretado por Joel McCrea (falecido em 1990). Nos nove filmes seguintes, o personagem foi vivido por Lew Ayres (falecido em 1996).

Na história, Kildare é um jovem interno em um hospital onde trabalha sob o comando do Dr. Gillespie (Lionel Barrymore, falecido em 1954). Quando Ayres foi para a guerra, em 1942, a MGM decidiu continuar produzindo os filmes do Dr. Kildare, mas sem contar com a participação do personagem. As histórias eram focadas no trabalho do Dr. Gillespie, que agora tinha dois novos internos, o Dr. Randall Adams (Van Johnson, falecindo em 2008) e o Dr. Lee Wong How (Keye Luke, falecido em 1991). Ao todo, foram produzidos seis filmes para esta fase da série cinematográfica. A intenção da Warner é a de também disponibilizar os filmes em DVD em um futuro próximo.

Cena do filme ‘Dr. Kildare Goes Home’, de 1940. (E-D) Lew Ayres, Lionel Barrymore, John Shelton e Laraine Day.

Na década de 1950, o Dr. Kildare migrou para o rádio. Com o título de The Story of Dr. Kildare, a série radiofônica também era estrelada por Lew Ayres e Lionel Barrymore. A série foi produzida entre 1950 e 1951, mas seus episódios foram reprisados ao longo de toda a década, mantendo viva a popularidade do personagem. Assim, em 1961, a MGM decidiu levar o personagem para a TV.

Na época, os dramas médicos ainda não eram uma obrigação na grade dos canais. Embora existissem séries neste gênero, elas não eram muito apreciadas pelos executivos dos canais de TV. Isto porque eles achavam que a última coisa que o público queria ver ao chegar em casa cansado do trabalho eram histórias sobre gente doente. Dr. Kildare foi uma das primeiras séries médicas a criar frenesi em torno do gênero (mais em função do ator que se tornou ídolo juvenil que da própria série).

Produzida entre 1961 e 1966, Dr. Kildare foi exibida pela rede NBC ao longo de cinco temporadas e 190 episódios. No Brasil, ela chegou na mesma década, pela antiga TV Excelsior. Sua principal rival era a série Ben Casey, que também girava em torno de um médico trabalhando em um hospital. Mas existiam duas diferenças básicas entre as duas produções.

Chamberlain e Massey na série para a TV.

A primeira era que Casey (Vince Edwards, falecido em 1996) já era um neurocirurgião, enquanto Kildare era um interno aprendendo suas funções. A segunda diferença estava no temperamento de cada um. Kildare era um jovem idealista calmo e compreensivo, tanto com seus pacientes quanto com seus colegas de trabalho. Casey era um homem que já tinha aprendido a lidar com o sistema (burocracia do governo e administração do hospital), levando-o a assumir uma atitude mais arrogante e agressiva, por vezes rabugenta. Seu supervisor era o Dr. Zorba (Sam Jaffe, falecido em 1984), com quem ele discutia constantemente.

Para estrelar Dr. Kildare, os produtores testaram cerca de 35 atores. O escolhido foi William Shatner, que decidiu recusar o convite porque não queria ficar preso a uma série de TV. Em seu lugar foi chamado James Franciscus (falecido em 1991), que não pode aceitar o papel porque já estava comprometido com outra série, a qual não chegou a ser produzida. Apesar da recusa, os dois atores fizeram participações especiais em Dr. Kildare. O papel ficou com o então desconhecido e pouco experiente Richard Chamberlain.

O personagem transformou Chamberlain em um astro da TV. Como era comum naquela época, o contrato do ator previa que ele se lançasse também como cantor. Chamberlain chegou a gravar alguns álbuns com músicas conhecidas da época. Entre elas, o tema da série, Three Stars Will Shine Tonight, composto por Jerry Goldsmith (falecido em 2004) e Pete Rugalo (falecido em 2011), com letra de Hal Winn, sendo que na TV o tema de abertura de Dr. Kildare era apresentado apenas na versão orquestrada.

Richard Chamberlain como o Dr. James Kildare

Na série, Kildare trabalha no Blair General Hospital, sob a supervisão do Dr. Leonard Gillespie (Raymond Massey, falecido em 1983), tendo como colegas de trabalho o Dr. Agurski (Eddie Ryder, falecido em 1997) e o Dr. Thomas Gerson (Jud Taylor, falecido em 2008).

No final da série, Dr. Kildare mudou seu formato narrativo. Até então, ela oferecia episódios de uma hora de duração com histórias fechadas. No último ano, as histórias passaram a ser contínuas apresentadas em episódios de meia-hora, exibidos duas vezes por semana. Desta forma, uma situação poderia levar de dois a sete episódios para ser finalizada. As quatro primeiras temporadas foram produzidas em preto e branco. Apenas a última foi exibida em cores.

O sucesso da série levou a Dell Comics a lançar uma versão em quadrinhos, publicada entre 1962 e 1965.

Depois que Dr. Kildare foi cancelada, a série entrou no circuito de reprises em canais regionais, mantendo sua popularidade. Com isso, a MGM decidiu produzir uma nova versão. Em 1972 o estúdio lançou Young Dr. Kildare. Estrelada por Mark Jenkins, que interpretou Kildare, e Gary Merrill (falecido em 1990), como o Dr. Gillespie, a série não conseguiu gerar a mesma repercussão que a produção anterior, sendo cancelada com apenas uma temporada de 24 episódios, exibida em canais regionais.

Infelizmente, as séries clássicas que estão sendo lançadas pela Warner, sob o selo The Warner Archive Collection, não têm previsão de lançamento no Brasil.

Cliquem nas fotos para ampliar. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Sheldon Cooper

    Mais uma excelente série com o excelente ator Richard Chamberlain, pena que as séries clássicas no Brasil estão cada vez mais raras, a Warner e as outras empresas perdem grana por não lançarem séries clássicas em dvd no Brasil, se as séries clássicas tem as vozes originais do Brasil, ai o sucesso de vendas é ainda maior!
    Dr Kildare é mais um excelente exemplo de série clássica!

    Curtir

  2. Comentado por:

    Silvestre Pedro

    Essa série clássica, caso fosse disponibilizadA em DVD, compraria com grande prazer.

    Curtir