Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Kung Fu’ estreia no TCM

Hoje, às 22h, o canal a cabo TCM exibe o filme que deu origem à série Kung Fu, estrelada por David Carradine (1936-2009). Os episódios com uma hora de duração começam a ser exibidos a partir do dia 22 de maio, às 19h. A série narra a trajetória de Kwain Chang Caine, um mestre shaolin […]

Hoje, às 22h, o canal a cabo TCM exibe o filme que deu origem à série Kung Fu, estrelada por David Carradine (1936-2009). Os episódios com uma hora de duração começam a ser exibidos a partir do dia 22 de maio, às 19h.

A série narra a trajetória de Kwain Chang Caine, um mestre shaolin que foge do templo onde passou boa parte de sua vida, quando mata o sobrinho do Imperador. Ele migra para os EUA onde tenta localizar seu irmão, que estaria vivendo em algum lugar do velho oeste.

Em meio a sua busca, ele enfrenta o preconceito e testemunha diversas injustiças sociais.

Até então, a arte do kung fu era pouco conhecida pelos americanos. Nas séries de TV, Bruce Lee ofereceu uma pequena amostra desta arte quando integrou o elenco de Besouro Verde. Lee também foi visto praticando kung fu em quatro episódios de Longstreet e em um episódio de Têmpera de Aço.

Apaixonado por essa arte, ele começou a desenvolver um projeto de série que pudesse ter como referência a prática do kung fu.

Nessa mesma época, Ed Spielman, impressionado com uma exibição que assistiu com um mestre chinês, começou a estudar as origens do kung fu e suas técnicas. Em parceria com o roteirista Howard Friedlander, os dois desenvolveram um argumento sobre um monge chinês que viaja para o velho oeste. O argumento foi transformado em roteiro, carregado de referências à cultura shaolin e à filosofia do kung fu.

Pensando na produção de um filme, a Warner Brothers comprou o roteiro em 1970. No entanto, decidiu engavetá-lo. Ele seria resgatado pela Warner Television em 1971, que o ofereceu à ABC, como um filme piloto para uma série de TV. Com a produção do telefilme aprovada, Herman Miller ficou encarregado de reescrever o roteiro, reduzindo seu tempo de duração.

Nesse meio tempo, Lee apresentou à Warner Brothers e à Paramount sua ideia da série The Warrior, a qual ele interpretaria um mestre shaolin vivendo no velho oeste. Muitos acreditam que, sem ter o apoio de um roteirista ou um produtor, a ideia de Lee não conseguiu ser apresentada adequadamente aos estúdios, que a rejeitaram. Dizem que a Warner teria pensando em oferecer a Lee o papel de Kwai Chang Caine, mas em entrevista a Alex Ben Block, autor do livro The Legend of Bruce Lee, de 1974, Tom Kuhn, ex-diretor da Warner Brothers Television, negou que o ator tivesse sido cogitado. A justificativa apresentada por ele foi a estatura de Lee, que foi considerado muito baixo para o papel.

A ABC e os roteiristas queriam David Carradine, mas o ator não estava disposto a assinar um contrato de cinco anos (como era feito na época). Ele já tinha estrelado o faroeste Shane, série de 1966 que teve apenas dezessete episódios produzidos.

Embora não fosse um astro (ele era conhecido por ser filho de John Carradine), David não tinha interesse em trabalhar na TV. Mas, por curiosidade, leu o roteiro e, segundo entrevistas da época, ficou impressionado com a forma como os roteiristas trabalharam as questões sociais do período. Disputando o personagem com o ator William Smith (Laredo), que também estava sendo testado, Carradine foi o escolhido.

Após a exibição do telefilme piloto, que foi bem recebido por parte da crítica e pelo público, a ABC decidiu encomendar a produção da primeira temporada. Mas ainda insegura quanto ao interesse da audiência na série, o canal encomendou apenas quatro episódios iniciais. Com isso, o contrato oferecido a David coincidiu com seu desejo de não se comprometer de uma só vez com uma série de cinco anos. Em função desse início, seu contrato seria renovado de ano a ano.

A série foi produzida entre 1972 e 1975, com um total de três temporadas e 63 episódios. Kung Fu introduziu uma nova proposta narrativa: explorar uma história apresentada em dois períodos de tempo, algo considerado experimental nas séries de TV, que até então tinham oferecido esse tipo de narrativa em episódios esporádicos.

Kung Fu narra a vida de Caine na China e nos EUA. Cenas de sua infância e juventude (na qual o personagem era interpretado por Keith Carradine, irmão de David) até o momento em que precisou fugir do templo eram mostradas sempre que Caine se lembrava de algum momento de seu passado.

Sem seguir uma ordem cronológica elas intercalavam com o tempo presente, no qual Caine, em busca de seu irmão, viaja pelo oeste americano no Século XIX. Desta forma, Kung Fu foi a primeira a explorar em bases regulares um formato e um tema até então pouco visto nas séries americanas.

Segundo o livro The Kung Fu Book, de Robert Anderson, a produção encerrou a pedido de Carradine, que não desejava renovar seu contrato para mais uma temporada, apesar do desejo da ABC de renovar a série. O último episódio produzido foi Ambush, mas o canal inverteu a ordem de exibição e apresentou The Last Raid como o último episódio da série.

Em 1986, a CBS produziu um telefilme com base na série, que recebeu o título de Kung Fu: The Movie. Carradine concordou em voltar, novamente interpretando Kwai Chang Caine. Na história, ele encontra o pai do homem que ele matou e conhece o filho que não sabia ter, Chung Wang, interpretado por Brandon Lee, filho de Bruce.

A boa receptividade do telefilme levou a CBS a encomendar outro, agora com o título de Kung Fu: the Next Generation. Situada no tempo presente, a história apresenta o neto de Caine (David Darlow), que foi batizado com o nome do avô, e seu filho, Johnny Caine (Brandon Lee). A CBS tentou produzir uma série a partir desta história, mas o projeto foi descartado.

Em 1993, a Warner Brothers produziu para o extinto canal regional PTEN, do qual era co-proprietária, a série Kung Fu: The Legends Continue. Novamente situada nos dias atuais, a história apresenta o neto de Caine (agora interpretado por Carradine) que, batizado com o nome do avô, também é um mestre shaolin. Após anos acreditando que seu filho morrera quando o templo em que vivia foi atacado por uma gangue, ele reencontra o rapaz, que também acreditava ter perdido o pai naquela noite. Peter (Chris Potter) é agora um detetive da polícia, que passa a receber a ajuda do pai nos casos que investiga.

Em 1997, quando o PTEN ‘fechou as portas’, os produtores tentaram oferecer a série para outro canal, mas sem sucesso, o que levou ao cancelamento de Kung Fu: the Legend Continues, com um total de quatro temporadas e 88 episódios.

Cliquem nas imagens para ampliar. 

Abertura da série original:

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Eu-Gomerindo

    Me lembro do David Carradine nesta série, realmente se tivessem feito com oBruce Lee teria sido bem melhor. O DC mais um abestalhado, até a voz dele parecia um idiota q não sabia o q acontecia, falaa devagar quase parando…

    Curtir

  2. Comentado por:

    Thiago

    Fernanda, sabe dizer se o TCM exibirá a série com a sua dublagem original?

    Curtir

  3. Comentado por:

    Francisco Costa

    Estou assitindo a série Kung Fu. ATé o episodio 7, todos foram dublados com execessão de um episodio que foi legendado e com audio original.
    A série teve 3 temporadas e 63 episódios.

    Curtir

  4. Comentado por:

    Irish Feniano.

    Kung fu , Kung Fu..!!

    Curtir

  5. Comentado por:

    kyra

    resposta ao Eu-Gomerindo ….. Sou obrigado a discordar de você, foi justamente a fala mansa e devagar, o ar ingênuo e puro e o olhar doce e meigo (de quem cresceu em um templo) dados aos seu personagem Kwai shan caine por David Carradine que fez dele o shaulin mais amado da televisão

    Curtir

  6. Comentado por:

    kyra

    acho que deveria passar as 3 temporadas no SBT , de madrugada, no lugar de tantas bobagens … um filme que certamente todos deveriam assistir.. principalmente os jovens .

    Curtir

  7. Comentado por:

    kyra

    acho que novas versões feitas com novos personagens não seria nunca a mesma coisa .. NUNCA ! A série original está perfeita e desrespeitá-la seria um horror !

    Curtir

  8. Comentado por:

    kyra

    penso que novas versões feitas com novos personagens não seria nunca a mesma coisa .. NUNCA ! A série original está perfeita e desrespeitá-la seria um horror !

    Curtir

  9. Comentado por:

    Vicente

    Oi me gostaria que pasen série de kunfu para poder rever esa série que fue sucesso en lis ano 90 obrigado

    Curtir