Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Sensacionalista Por Redação Isento de verdade

A 4 meses da eleição, indecisos não sabem se vão para Portugal ou Miami

Com a alta do dólar, Miami ficou mais difícil. E, com a alta dos brasileiros, Portugal também não está fácil

Por Sensacionalista 15 jun 2018, 06h00

 

A menos de 120 dias da eleição de outubro, o brasileiro segue cheio de dúvidas. A polarização entre a esquerda e a direita vai continuar? O novo presidente vai ter maioria para aprovar suas medidas e trazer o crescimento de volta? Por que os boletos bancários têm tantos zeros na sequência? Qual a verdadeira utilidade da tomada de três pinos?

Portugal e Miami são os destinos mais prováveis. Mas, com a alta do dólar, Miami ficou mais difícil. E, com a alta dos brasileiros, Portugal também não está fácil. Outra dificuldade que os brasileiros encontram em Lisboa é que eles não sabem falar português. É difícil viver num país que chama liquidação de liquidação em vez de “sale”.

Temer, por enquanto, é a única unanimidade. O próprio presidente chegou a ser flagrado por assessores fazendo uma faixa de “Fora, Temer”, para estender na varanda. Ele só desistiu porque, se aparecer na varanda, vai levar um ovo. A população segue dividida. Metade acha que tudo pode piorar. A outra metade tem certeza.

Publicado em VEJA de 20 de junho de 2018, edição nº 2587

Continua após a publicidade
Publicidade