Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

USP – Petistas se fingem adversários dos encapuzados, mas pretendem lucrar com a sua porra-louquice. Ou: Por um australopiteco que se aquece com folhas de Marx

Vamos falar mais um pouquinho dos primitivos da USP? Pois é… Apelando ao humor — lá vamos nós —, eu já escrevi há alguns anos o que, por meu gosto, faria com os valentes. Cercar! Ninguém entra, ninguém sai. Eles iriam lá se reproduzindo entre si… Ao cabo de cinco gerações mais ou menos, conheceríamos […]

Vamos falar mais um pouquinho dos primitivos da USP? Pois é… Apelando ao humor — lá vamos nós —, eu já escrevi há alguns anos o que, por meu gosto, faria com os valentes. Cercar! Ninguém entra, ninguém sai. Eles iriam lá se reproduzindo entre si… Ao cabo de cinco gerações mais ou menos, conheceríamos os nossos ancestrais… Australopitecos usando páginas de Marx pra se aquecer seriam um verdadeiro poema! Pronto! Lá vem a turma tentar me provar que esse hominídeo não é um dos nossos ancestrais nem fazia fogueira… Amigo, amigo, deita… Tio Rei está fazendo uma piada evolutivamente incorreta.

A menos que eu tenha perdido alguma coisa, os fascistas encapuzados que invadiram a Reitoria desprezaram uma instância institucional de representação dos alunos: o DCE. Mesmo uma daquelas assembléias de mil alunos (para mais de 80 mil estudantes) foi ignorada. Agora se decide invasão é com um grupelho de 100 deles mesmo… Vamos ver.

Esses ultra-radicais vivem às turras com o PT na USP, partido que já consideram “burguês” — sempre observando à margem que os extremistas costumam ter pais que são burgueses por eles, entenderam? Quase sempre, na retaguarda de um radical, há um “porco capitalista” ou um “reacionário pequeno-burguês” que trabalha… Adiante.

Eles vivem às turras, mas não pensem que o PT é inocente nessa história. Não é mesmo! Os ultra-esquerdistas lhe são úteis. Esses idiotas não têm nada a perder a não ser a idiotia, mas isso leva tempo — alguns pretendem envelhecer na USP, no movimento estudantil ou no sindicato de funcionários, comendo de graça e pregando a revolução socialista… Australopitecos de Marx na mão! Para os petistas, uma retirada à força dos meliantes mascarados caracterizaria a tal “intervenção militar” na USP, “coisa de tucanos” etc. Vocês conhecem essa cascata.

Por que digo isso? Nós fóruns ligados à universidade, nos quais a petezada está muito presente, vocês sabem qual é a pauta? Vou lhes contar. Eles reivindicam três coisas, atenção!
a) Democracia interna
É a senha para pedir eleições diretas para reitor, quase uma jabuticaba brasileira. Em todo o mundo academicamente respeitável, a reitoria é uma conquista que se deve ao mérito.

b) Descriminação da maconha

É isso mesmo que vocês leram. Junto com a “democracia interna”, fala-se em descriminar a maconha. Como sabem que essa é a) uma questão constitucional e b) uma questão legal (há códigos a respeito), fica evidente a sugestão de que a droga deveria ser permitida nos domínios da universidade. Seria um dos apanágios da “autonomia”, que eles pensam ser “soberania”.
c) Segurança própria
Sim, eles querem porque querem a PM fora da USP. Os que se pretendem mais sofisticados alegam que, se o Congresso Nacional tem segurança própria, por que a USP não pode? Quanta mentira! Quanta vigarice! Vocês sabem que eu gosto de matar a cobra e mostrar a cobra. Esse negócio de mostrar o pau é metaforicamente incorreto, embora a cobra também dê pano pra manga…

Contra o que dizem os mentirosos, nada como os fatos. Leiam esta notícia.
“A Câmara dos Deputados convocou ontem o Batalhão de Choque da Polícia Militar para reforçar a segurança, e os policiais entraram em confronto com servidores públicos que protestavam contra a reforma da Previdência, ameaçando interromper sessão da comissão que analisa o tema. Autorizados pela presidência da Casa a entrar nas dependências da Câmara, os policiais arrastaram um servidor, que acabou detido e algemado”.

O petralha já ficou assanhado: “Foi durante esse papo de reforma? Só podia ser coisa de tucano!” Epa! O episódio se deu no dia 26 de julho de… 2003!!! Dois mil e três? É… O presidente da Casa era o petista João Paulo Cunha (SP), que explicou: “Eu, como presidente da Câmara, autorizei a entrada dos policiais para garantir a segurança e a continuidade dos trabalhos.” São trechos de uma reportagem da Folha.

Quem disse que o Congresso é uma área interditada à Polícia Militar? Não é, não! Se preciso, os soldados vão à luta. Mais: como é área sob a responsabilidade da República Federativa do Brasil, a Polícia Federal também está presente, nenéns! Querem que seja como no Congresso? É mesmo? Então seria preciso armar a Guarda Universitária e lhe dar poder efetivo de polícia. Chato, né? Por enquanto, há duas coisas no Tio Rei que melhoram com o tempo. Uma é a memória. A outra não digo para não despertar inveja ou, como diria FHC, “recalque…”

Estão criando o climão
Os imbecis de extrema esquerda, com sua agenda associada ao narcotráfico, criam o ambiente de falsa conflagração — já que os mais de 80 mil continuam a levar a sua vida normalmente. Os petistas aproveitam a bagunça para se apresentar como os representantes do bom senso, o meio-termo entre dois supostos extremos: a reitoria e os invasores. Ocorre que isso é falso como qualquer discurso do PT. A reitoria não é um dos extremos. A REITORIA, NESSE CASO, É SÓ A LEI!!!

Os adversários institucionais dessa bagunça têm só uma coisa a fazer: deixar claro de que lado estão.
– Da segurança democrática ou do narcotráfico?
– Dos estudantes que estudam ou dos feios, sujos e malvados?

– Das pessoas de cara limpa ou dos encapuzados?
– Dos defensores da ordem democrática ou dos filoterroristas?

Dentro de uns dez anos, os tucanos acordarão para fazer um desagravo à USP de hoje…

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s