Clique e assine a partir de 9,90/mês
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Secretário-executivo do Turismo pedirá demissão, diz ministério

Por Nádia Guerlenda, na Folha Online: O Ministério do Turismo afirmou que o secretário-executivo da pasta, Frederico Costa, número dois na hierarquia do ministério, pedirá demissão do cargo. Costa foi um dos presos na semana passada pela Operação Voucher, da Polícia Federal –ele já foi solto. A operação prendeu no total 36 suspeitos de desvios […]

Por Reinaldo Azevedo - Atualizado em 31 jul 2020, 11h04 - Publicado em 16 ago 2011, 22h27

Por Nádia Guerlenda, na Folha Online:
O Ministério do Turismo afirmou que o secretário-executivo da pasta, Frederico Costa, número dois na hierarquia do ministério, pedirá demissão do cargo. Costa foi um dos presos na semana passada pela Operação Voucher, da Polícia Federal –ele já foi solto.

A operação prendeu no total 36 suspeitos de desvios de recurso em um convênio do ministério com uma entidade privada sem fins lucrativos, o Ibrasi (Instituto Brasileiro de Desenvolvimento de Infraestrutura Sustentável)

De acordo com a pasta, o pedido de demissão ainda não foi encaminhado formalmente, mas o ministro Pedro Novais já foi informado da intenção de Costa. Até então, o secretário-executivo estava afastado do cargo sem remuneração, por força de decisão judicial. Os demais funcionários do Turismo que haviam sido presos — cinco no total, todos já liberados — permanecerão afastados do trabalho, recebendo salário, até o final das investigações.

As investigações da Operação Voucher começaram em abril e apontaram possíveis irregularidades em um convênio de R$ 4,45 milhões firmado entre o Ministério do Turismo e o Ibrasi. Na semana passada, o Ministério Público decidiu apresentar denúncia contra 18 pessoas, incluindo integrantes da cúpula do Ministério do Turismo.

Publicidade