Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

PSDB quer que MP investigue dinheiro de Angola na campanha de Lula em 2006

Recursos seriam oriundos de propina envolvendo Petrobras e estatal de petróleo angolana; se comprovado o crime, PT pode te registro cassado

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 30 jul 2020, 23h41 - Publicado em 20 jan 2016, 16h28

O líder do PSDB na Câmara, Carlos Sampaio (SP), anunciou nesta quarta que a legenda pedirá à Procuradoria-Geral Eleitoral que investigue uma denúncia feita por Nestor Cerveró sobre a campanha de Lula, em 2006.

De acordo com o delator e ex-diretor da Petrobras, o PT recebeu R$ 50 milhões em propina vinda de Angola para abastecer a campanha à reeleição do ex-presidente. Caso a investigação comprove que o dinheiro estrangeiro foi usado na campanha eleitoral, os tucanos pedirão a cassação do registro do PT, o que levaria à extinção da sigla. De acordo com Sampaio, não há prazo definido para que a corte eleitoral conclua a investigação. O tucano, no entanto, espera que a decisão seja tomada antes das eleições municipais deste ano, em outubro.

Para lembrar: segundo Cerveró, a Petrobras comprou por US$ 300 milhões o direito de exploração de campos de petróleo em Angola. Os R$ 50 milhões aportados à campanha de Lula seriam oriundos dessa operação. O delator afirma que quem lhe revelou o negócio foi o então presidente da Sonangol, estatal de petróleo de Angola, Manuel Domingos Vicente, hoje vice-presidente daquele país.

Um partido não pode receber recursos de países estrangeiros. Se comprovado o crime, a legenda tem de ser cassada.

Continua após a publicidade
Publicidade