Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

“Não leio FHC”, diz Lula, que já confessou que a leitura lhe dá sono. Entendo!

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso escreveu num artigo que Lula, que o sucedeu na Presidência, promove “baixarias e falsas acusações” em suas andanças políticas e que é incapaz de “fazer autocrítica”. Afirmou ainda que, na viagem que fizeram juntos ao funeral de Mandela, no avião presidencial, em companhia de Dilma, ele sugeriu ao petista que […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 03h28 - Publicado em 16 jul 2014, 17h05

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso escreveu num artigo que Lula, que o sucedeu na Presidência, promove “baixarias e falsas acusações” em suas andanças políticas e que é incapaz de “fazer autocrítica”. Afirmou ainda que, na viagem que fizeram juntos ao funeral de Mandela, no avião presidencial, em companhia de Dilma, ele sugeriu ao petista que virasse a página do mensalão. “Mas não, Lula insiste em continuar distorcendo fatos para dizer que todos fizeram algo parecido. Eu não caio nessa cilada.” Escreveu mais: “Em nenhum momento Lula explicou de forma detalhada os acontecimentos que levaram ao maior escândalo de corrupção da história republicana”.

Nesta quarta, o jornalistas quiseram saber o que Lula pensava a respeito do artigo de seu antecessor. O petista não respondeu. Ou respondeu apenas o seguinte: “Eu não leio o Fernando Henrique Cardoso”.

Huuummm… Se não lesse apenas FHC, não seria tão grave. Eu tenho memória. Em 2009, ele confessou em conversa com jornalistas que lia muito pouco: “Me dá sono”. E o que fazia num tempo livre ou outro? “Vejo bobagens na televisão”. À época, estava lendo, disse, o livro “Leite Derramado”, de Chico Buarque. Concordo: vale por uma cartela de Stilnox, hehe.

Lula não reconhece até hoje o papel central que teve o Plano Real no país. Poderia ser apenas falta de leitura. Mas aí já se trata de algo ainda mais grave: é falta de apreço pela verdade.

Continua após a publicidade

Publicidade