Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Maioria dos desembargadores do TJ-RS foi surpreendida por banimento dos crucifixos. Diga aos doutores o que achou

Tio Rei faz a lição de casa muito mais do que alguns imaginam. Conversei ontem com alguns desembargadores do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul — são mais de 130. Os meus interlocutores sustentam que a maioria não tinha a menor idéia do que se passava e foram pegos de surpresa pela decisão […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 09h22 - Publicado em 8 mar 2012, 07h49

Tio Rei faz a lição de casa muito mais do que alguns imaginam. Conversei ontem com alguns desembargadores do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul — são mais de 130. Os meus interlocutores sustentam que a maioria não tinha a menor idéia do que se passava e foram pegos de surpresa pela decisão do Conselho. Disseram-me também que acreditam que a maioria tenderia a ser contra, embora não apostem que possa haver uma reação. É pena que não haja! Juízes jamais deveriam se importar com qualquer outra coisa, no tribunal, que não fossem as leis e a sua consciência.

Participaram da sessão que baniu os crucifixos os seguintes doutores:
– Desembargador Marcelo Bandeira Pereira – Presidente
– Desembargador Guinther Spode – 1º Vice-Presidente
– Desembargador Cláudio Baldino Maciel – 2º Vice-Presidente – RELATOR
– Desembargador André Luiz Planella Villarinho – 3º Vice-Presidente
– Desembargadora Liselena Schifino Robles Ribeiro – Corregedora-Geral em exercício

Abaixo, publico um endereço eletrônico por meio do qual vocês poderão dizer aos doutores o que acharam da decisão. Trata-se de um endereço público. Não haverá leitor deste blog capaz de dizer grosserias e impropriedades aos desembargadores. Ao contrário! Eventuais comentários inadequados só poderão partir de pessoas que querem caracterizar como intolerantes justamente os críticos da intolerância.

O endereço é este.
consmagist@tj.rs.gov.br

Continua após a publicidade
Publicidade