Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Lula diz que quem não vota em Haddad é atrasado

Evento em apoio à candidatura Haddad teve a presença do ex-presidente e tumulto com manifestantes sem-teto

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 30 jul 2020, 21h43 - Publicado em 28 set 2016, 18h25

O ex-presidente Lula continua tentando “salvar” as candidaturas da esquerda pelo país. Ontem, ele participou de um ato de campanha do atual prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, quarto colocado na disputa pela reeleição. Sabendo que falava pra sua plateia cativa mandou ver: “Queria pedir ao Bresser-Pereira que perguntasse ao FHC, sei que você é ainda amigo dele, […] se é possível que São Paulo tenha tanta gente atrasada para votar no Doria e no Russomanno”.

Ao falar sobre o afilhado político, Lula fez uma série de ataques ao presidente Michel Temer. Para ele, Haddad é o único capaz de se contrapor, “com faca entre os dentes”, ao desmonte que será realizado pelo peemedebista. Esse desmonte, segundo Lula, é a privatização do “Banco do Brasil, da Caixa Econômica Federal e da Petrobras”. E sobre as privatizações, Lula provocou –  “quem não sabe governar só sabe terceirizar”.

O ato em apoio da reeleição de Haddad começou com tumulto na noite desta terça-feira. Um grupo de sem-teto que ocupa o viaduto Alcântara Machado, na região do Brás, tomou o segundo piso do auditório da Casa de Portugal, onde ocorria o evento em defesa da candidatura do petista. Os manifestantes questionam o fato de a prefeitura ter pedido a reintegração de posse da área, marcada para 13 de novembro. Ah sim! Esses sem-teto não são ligados ao MTST.

Publicidade