Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

LEIAM ABAIXO

— Ao defender Haddad e o kit gay, agora é Dirceu que ataca “setores evangélicos”,  acusando-os de “violência e chantagem”. Ou: É uma honra saber que Dirceu não gosta de mim! Espalhem!; — Gol de placa de Amorim: em 4 dias, decisão destrambelhada e ilegal de punir militares da reserva gera 500 novas adesões. Como […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 09h24 - Publicado em 5 mar 2012, 07h51

Ao defender Haddad e o kit gay, agora é Dirceu que ataca “setores evangélicos”,  acusando-os de “violência e chantagem”. Ou: É uma honra saber que Dirceu não gosta de mim! Espalhem!;
Gol de placa de Amorim: em 4 dias, decisão destrambelhada e ilegal de punir militares da reserva gera 500 novas adesões. Como sempre, é o Megalonanico dizendo a que veio!;
O senador Demóstenes Torres, os “Dirceu’s boys” da Internet e a turma do JEG;
Querem reinventar o sentido da palavra “anistia” no país;
E o PAC empacou no trocadilho da governanta… Na creche inacabada da Rocinha, vagas só para carros…;
Ex-presidente Lula é internado em SP com infecção pulmonar leve;
Putin vence eleição contestada pelas oposições;
Irã – Como sempre pode ser pior, Khamenei vence Armadinejad, mas atual presidente ainda tem chance de formar governo;
PSDB pode comemorar resultado de pesquisa, claro!, mas a corrida mal começou. Ou: A pergunta que o Datafolha não fez. Ou: Leituras estranhas;
Datafolha: Serra cresce nove pontos, e há cenário em que venceria até no 1º turno se eleição fosse hoje. Podem esperar: os petralhas e o JEG vão entrar em surto psicótico;
Juan Arias dá destaque em seu blog a post escrito aqui sobre infanticídio;
Editor do “Journal of Medical Ethics”, cobrado por leitor deste blog, diz que vai corrigir informação errada sobre infanticídio no Brasil;
Dilma nomeia o novo ministro do Duplo Sentido, e ele promete aprender a pôr a minhoca no anzol. Ou: Ministro cita dono de rede de televisão na posse;
Editor de publicação que traz artigo defendendo o assassinato de recém-nascidos diz que o Brasil pratica infanticídio;
PT e Haddad trazem desde já aborto e kit gay para o debate para tentar vacinar o debate eleitoral. Inútil! Partido e candidato terão de responder por sua obra, como todo mundo;
ELES CHEGARAM LÁ: DUPLA DE ESPECIALISTAS DEFENDE O DIREITO DE ASSASSINAR TAMBÉM OS RECÉM-NASCIDOS

Publicidade