Clique e assine com 88% de desconto
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Boatos falam em jatinhos deixando o país levando deputados e grana

A ausência de um parlamentar estaria custando mais caro do que um voto contra o impeachment

Por Reinaldo Azevedo - Atualizado em 9 fev 2017, 09h43 - Publicado em 15 abr 2016, 21h45

O que se comenta em Brasília é que a ausência de um deputado no dia da votação já custa mais caro do que um voto a favor do governo. Aquele que vai dizer “não” ao impeachment ou pertence a um partido que não lhe permite fazer outra coisa ou já é um aquinhoado com cargo.

Há gente que vai dizer “sim” ao impedimento só porque está à espera de uma oferta para dizer “não”? É claro que sim. E o governo foi às compras.

Os boatos se multiplicam. Jatinhos estariam sendo oferecidos, recheados com dinheiro vivo, só para que o parlamentar de um pulinho fora do país, voltando na terça-feira.

Jatinho com dinheiro é método que não surpreende petistas e seus aliados. Vejam, por exemplo, o caso da prisão de Bené, o caixa da campanha de Pimentel.

Publicidade

É claro que eu torço para que tudo isso não passe de fofoca.

Imaginem que país viria depois.

Publicidade