Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Biografia não-autorizada diz que Evo é um sedutor, acreditem…

Por Carolina Vila-Nova, na Folha deste domingo:Ele é um dos segredos de Estado mais bem guardados nos corredores do Palácio Quemado: um assessor especial, encarregado de manter na surdina e -sobretudo longe de seus adversários- os encontros passionais de Evo Morales. A “revelação” está em “Un tal Evo”, biografia não-autorizada do presidente boliviano, lançada no […]

Por Reinaldo Azevedo - Atualizado em 23 fev 2017, 13h35 - Publicado em 28 jan 2007, 05h17
Por Carolina Vila-Nova, na Folha deste domingo:
Ele é um dos segredos de Estado mais bem guardados nos corredores do Palácio Quemado: um assessor especial, encarregado de manter na surdina e -sobretudo longe de seus adversários- os encontros passionais de Evo Morales. A “revelação” está em “Un tal Evo”, biografia não-autorizada do presidente boliviano, lançada no último dia 17 na Bolívia e no Chile e sem previsão de publicação no Brasil.Esse “anjo da guarda de Evo, que é seu cafetão oficial, uma espécie de ministro de saias invisível”, não tem a função de achar amantes para o presidente, esclarecem os autores Darwin Pinto e Roberto Navia.Até porque, contam os dois jornalistas, Morales “sabe utilizar seu “sexapil” [sic] presidencial e suas exóticas feições de indígena rústico para enlouquecer as mulheres -que desabam, indefesas, contra seu peito poderoso”. “Muitas mulheres o consideram simpático e admiram seu porte viril de homem dos altiplanos, acham que ele tem pernas de Ronaldinho e largos ombros de amante do Primeiro Mundo”, relata um ex-assessor de Morales no capítulo “Las Evas del Evo”.”Un tal Evo” não se detém na vida sentimental do presidente boliviano. Mostra um homem que teve a habilidade de se construir, um ególatra frio e pouco sentimental, mas que não deixa de pedir a bênção dos pais mortos para suas decisões como mandatário.Com uma linguagem às vezes dura, às vezes chula, eivada de ironia, o livro traz diversas anedotas sobre a vida de Morales da infância à Presidência (…)
Assinante lê mais aqui
Publicidade