Clique e assine com 88% de desconto
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Banco depredado e três lojas saqueadas. “É uma minoria”, gritam os bonzinhos…

Nesta madrugada ou amanhã, vamos ver, escreverei sobre esse negócio, repetido à náusea, de que a maioria dos manifestantes é pacífica e só uma minoria é que é composta de pessoas violentas e depredadores. Com isso se pretende dizer que essa minoria não representa, então, aquela maioria. Tenho algumas perguntinhas a fazer. Fica pra depois. […]

Por Reinaldo Azevedo - Atualizado em 17 fev 2017, 13h31 - Publicado em 18 jun 2013, 23h05

Nesta madrugada ou amanhã, vamos ver, escreverei sobre esse negócio, repetido à náusea, de que a maioria dos manifestantes é pacífica e só uma minoria é que é composta de pessoas violentas e depredadores. Com isso se pretende dizer que essa minoria não representa, então, aquela maioria. Tenho algumas perguntinhas a fazer. Fica pra depois.

Pois bem: assim como, consta, uma minoria tentou invadir ontem o Palácio dos Bandeirantes e, nesta terça, a sede da Prefeitura, também uma minoria partiu para o tudo ou nada no Centro de São Paulo: um agência do Banco Itaú foi depredada, e unidades das Lojas Marisa, Lojas Americanas e Cacau Show foram saqueadas. Sete pessoas acusadas de vandalismo foram presas.

Bem, como a minha memória é dessas coisas que me perseguem, encerro o post um das frases que compõem o besteirol do Movimento Passe Livre. Vale para que pensemos o ataque ao Palácio dos Bandeirantes, o ataque à Prefeitura e as depredações. O que disse mesmo o pensador Matheus Preis? Lembrei:

“Quando não há repressão, a gente consegue fazer um ato muito mais organizado, sem violência”.

Publicidade