Clique e assine a partir de 8,90/mês
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

A conversa frouxa da cientista política sobre a Comissão da Verdade no JN

Vi há pouco uma cientista política — desculpem, não vi o nome da moça — a afirmar no Jornal Nacional que a Comissão da Verdade vai pôr o Brasil um passo à frente na revisão do regime militar, no sentido do que se vem fazendo na América Latina. Entendi, pelo juízo da moça, que a nossa […]

Por Reinaldo Azevedo - Atualizado em 31 jul 2020, 08h53 - Publicado em 11 Maio 2012, 22h18

Vi há pouco uma cientista política — desculpem, não vi o nome da moça — a afirmar no Jornal Nacional que a Comissão da Verdade vai pôr o Brasil um passo à frente na revisão do regime militar, no sentido do que se vem fazendo na América Latina.

Entendi, pelo juízo da moça, que a nossa democracia estaria, então, mais atrasada. Está? A Argentina está “revendo” o seu passado há muitos anos. E as ações só têm servido de pretexto para o kirchnerismo destruir a democracia à sua maneira. Na conta daquela senhora, certamente não estão paraísos democráticos como Cuba, por exemplo.

Mas ela foi adiante: disse que a Comissão da Verdade não pode, “EM PRINCÍPIO”, responsabilizar criminalmente este ou aquele.

“Em princípio”??? Não pode é na letra da lei mesmo! Escrevi nesta manhã o que há de errado POR PRINCÍPIO nessa comissão.

Continua após a publicidade
Publicidade