Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Xuxa versus Google

Até sexta-feira, quem digitasse no Google o nome de Xuxa e o adjetivo pedófila teria acesso a 50100 textos e vídeos e mais 21400 fotos da apresentadora, em parte delas nua ou em cenas de sexo (tiradas de um filme que fez em 1982). Pois bem, agora o Google terá de retirar todas essas referências […]

Por Da Redação - Atualizado em 21 Feb 2017, 10h11 - Publicado em 9 Oct 2010, 01h26

Pedófila, não – Xuxa: vitória contra o Google e com ações em curso contra outros sites de busca

Até sexta-feira, quem digitasse no Google o nome de Xuxa e o adjetivo pedófila teria acesso a 50100 textos e vídeos e mais 21400 fotos da apresentadora, em parte delas nua ou em cenas de sexo (tiradas de um filme que fez em 1982). Pois bem, agora o Google terá de retirar todas essas referências do seu site por determinação judicial. Xuxa venceu na semana passada uma ação contra o maior site de buscas do mundo. A decisão, em primeira instância, da Justiça do Rio de Janeiro é clara: se não o fizer, o Google terá de pagar 20 000 reais por cada “resultado positivo” de busca. Além disso, terá de pagar outros 20 000 reais por foto ou vídeo de Xuxa “sem vestes”.

Publicidade