Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Vereadores derrubam veto de Paes e batizam estação em homenagem a Boechat

Estação do VLT na Cinelândia se chamará Jornalista Ricardo Boechat

Por Lucas Vettorazzo Atualizado em 16 jun 2021, 13h44 - Publicado em 16 jun 2021, 16h33

Vereadores do Rio derrubaram ontem o veto do prefeito Eduardo Paes ao projeto de batizar a estação do VLT na Cinelândia, no centro da cidade, com o nome do jornalista Ricardo Boechat, morto em 2019 em um desastre de helicóptero em São Paulo.  

Paes vetou a homenagem sob o argumento de que mudanças de nomes de logradouros e espaços públicos são de responsabilidade da prefeitura, norma que estaria expressa na Constituição da cidade. 

Mesmo assim, os vereadores seguiram adiante com o tributo. A estação que atualmente se chama Parada Cinelândia passará a se chamar Jornalista Ricardo Boechat. O projeto de lei é da vereadora Teresa Bergher (Cidadania).

Parte importante da carreira do jornalista se deu no Rio. Na época do acidente, Boechat vivia em São Paulo e ancorava um programa matinal diário na BandNews FM. Ele também apresentava, desde 2006, o jornal da Band, à noite.

Segundo a vereadora, a homenagem tem como objetivo “perpetuar na memória dos cariocas os elevados valores éticos, de liberdade, de justiça e de igualdade que pautaram a trajetória do grande Ricardo Boechat”.

 

Continua após a publicidade
Publicidade