Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Vendas de passagens de ônibus devem crescer 55% neste ano

Levantamento da ClickBus indicou que o avanço da vacinação e a queda dos casos de Covid-19 deixaram os brasileiros confiantes para viajar

Por Lucas Vettorazzo Atualizado em 14 out 2021, 17h10 - Publicado em 15 out 2021, 18h30

O avanço da vacinação e a redução dos casos de Covid-19 proporcionaram o reaquecimento das viagens de ônibus no Brasil. A alta do dólar em relação ao real tem impulsionado o turismo local. Segundo estimativa da ClickBus, a maior plataforma de vendas de passagens de ônibus, o setor deve ter uma alta de vendas de 45% a 55% em relação ao verificado em 2020. A alta já vinha sendo observada desde meados do ano. No primeiro semestre deste ano, o setor vendeu quatro vezes mais passagens que em igual período do ano passado, segundo a ClickBus. 

A pandemia também acelerou o uso de métodos online para comprar passagens. Cada vez mais brasileiros utilizam bilhetes virtuais para embarcar nos ônibus. “As vendas online de passagens rodoviárias, que antes das pandemia representavam 12%, atualmente estão no patamar dos 20%. Além disso, o e-ticket, que entrou em operação conosco no primeiro semestre de 2019, teve um aumento expressivo, de modo que a quantidade de viações que utilizam o método dobrou entre fevereiro de 2020, no pré-pandemia, até julho deste ano”, afirma o presidente da ClickBus, Phillip Klien.

Publicidade