Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Governo decreta quarentena no país por 30 dias

'Fica restringida, pelo prazo de trinta dias, a entrada no País de estrangeiros de qualquer nacionalidade', diz ato da Casa Civil

Por Mariana Muniz - Atualizado em 22 maio 2020, 20h48 - Publicado em 22 maio 2020, 20h28

Portaria conjunta publicada nesta sexta-feira determinou a restrição da entrada de estrangeiros no Brasil por 30 dias em decorrência da pandemia do coronavírus.

A portaria divulgada nesta sexta substituiu outras portarias que já tratavam de fechamento de fronteira para países específicos. A medida agora unificou o ato do governo. ‘Fica restringida, pelo prazo de trinta dias, a entrada no País de estrangeiros de qualquer nacionalidade’, diz o ato da Casa Civil, do Ministério da Justiça, da Infraestrutura e da Saúde.

O ato dispõe sobre a “restrição excepcional e temporária de entrada no País de estrangeiros, de qualquer nacionalidade”, conforme recomendação da Anvisa.  A medida leva em consideração a “necessidade de dar efetividade às medidas de saúde para resposta à pandemia da covid-19″.

A restrição de entrada no país não se aplica a brasileiros que venham de fora, ou imigrante com residência definitiva por aqui. Também continuam podendo entrar no Brasil estrangeiros em missão a serviço de organismo internacional, desde que devidamente identificado.

Continua após a publicidade

O Ministério da Saúde divulgou nesta sexta-feira a atualização do número de casos oficiais de pessoas diagnosticadas com coronavírus e de óbitos causados pela doença no país. Foram confirmados 330.890 casos, um aumento de 20.803 novos diagnósticos em 24 horas. Esse é o maior aumento diário da série histórica.  

Publicidade