Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Mandato de deputado contempla a igreja criada por seu pai

Autor da emenda que perdoa R$ 1 bilhão em dívidas de templos religiosos, o deputado David Soares tem outros projetos que favorecem o segmento

Por Evandro Éboli - Atualizado em 9 set 2020, 15h23 - Publicado em 9 set 2020, 14h30

O deputado David Soares (DEM-SP) faz do mandato uma rede de apoio a Igreja Internacional da Graça de Deus, comandada por seu pai, o pastor R.R. Soares, há 40 anos.

Soares é autor da emenda que pode gerar uma renúncia fiscal, um perdão,  de R$ 1 bilhão de dívidas tributárias de templos e igrejas e de multas da Receita federal.

A igreja de seu pai pode ser beneficiada com o perdão  R$ 37,8 milhões nesse bolo.

Outros de seus projetos contemplam a igreja de RR Soares: vai desde homenagem em sessão solene a classificação de templos religiosos como  atividade essencial para efeitos de políticas públicas.

Em outra proposta de sua autoria com outros pares, uma emenda concede a entidades religiosas, filantrópicas e beneficentes um desconto de 50% no valor de aluguéis durante a pandemia, até 30 de outubro deste ano.

A sessão solene seria em homenagem aos 40 anos da Igreja Internacional da Graça de Deus, fundada “sob a liderança” de seu pai em agosto de 1980. E se expandiu mundo afora.

“De um simples templo na região central da capital do Rio de Janeiro, se espalha hoje em mais de 191 países e milhares de pessoas tem diariamente alimentado sua alma” – diz o deputado na justificativa.

“Muitos são recuperados de uma uma vida de crimes, de drogas e as famílias sendo restauradas”, completa.

Ao todo, Soares apresentou 15 projetos de lei nessa legislatura, sozinho ou em coautoria com colegas.

Continua após a publicidade
Publicidade