Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Um governo insuperável

No dia 4 de novembro, o vice-rei Aloizio Mercadante recebeu o presidente do PRB, Marcos Pereira, para uma conversa. Mercadante explicou que o assunto ministério e cargos começariam a ser tratados após o dia 20, quando Dilma Rousseff retornaria do encontro do G-20. Combinaram que na última semana de novembro voltariam a conversar para acertar […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 02h34 - Publicado em 26 nov 2014, 06h03
Compromissos debatidos nos últimos dias

Sem retorno a Marcos Pereira

No dia 4 de novembro, o vice-rei Aloizio Mercadante recebeu o presidente do PRB, Marcos Pereira, para uma conversa. Mercadante explicou que o assunto ministério e cargos começariam a ser tratados após o dia 20, quando Dilma Rousseff retornaria do encontro do G-20.

Combinaram que na última semana de novembro voltariam a conversar para acertar os cargos do partido no governo. Dias atrás, Pereira tentou marcar uma audiência com Mercadante para esta semana.  Foi ignorado. Pereira está esperando até agora o retorno do ministro.

Ontem, Pereira tinha uma reunião com a bancada do PRB, previamente agendada justamente para discutir as propostas que levariam ao governo.  Mas, fora a irritação com Mercadante, não tinha o que dizer aos comandados.

O governo é insuperável na arte de seduzir os aliados.

Continua após a publicidade
Publicidade