Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

TSE começa a julgar ‘esqueletos’ da disputa Bolsonaro-Haddad

Corregedor Jorge Mussi terminará o mandato em outubro; até lá, vai julgar todas as ações que ainda tramitam no TSE contra Bolsonaro e Fernando Haddad

Por Robson Bonin 30 ago 2019, 10h21

Corregedor-geral eleitoral na disputa de 2018, o ministro Jorge Mussi terminará o mandato em outubro. Até lá, vai julgar todas as ações que ainda tramitam no TSE contra Bolsonaro e Fernando Haddad.

A mais complicada é a que apura o uso indevido do WhatsApp na campanha, em fase de produção de provas. Na próxima terça, será julgada a ação que envolve a Rede Record e o suposto favorecimento de Bolsonaro durante o pleito.

Publicidade