Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Suplente ‘gastão’ de Blairo Maggi deixa o Senado

Por quase quatro meses

Por Pedro Carvalho - 3 maio 2018, 14h34

A chapa de Blairo Maggi no Senado foi até o limite. Após a saída do ministro da Agricultura, o primeiro suplente Cidinho Santos assumiu. E gastou um bocado: em 2017 ele utilizou mais de 353 mil reais da cota parlamentar; em 2016, foram 232 mil.

Acontece agora que Cidinho não está mais no Senado. Ele pediu licença de 117 dias para tratar de problemas particulares.

Quem assume, finalmente, é o segundo suplente de Maggi, denunciado ontem pela PGR por corrupção ativa, Manoel Rodrigues Palma.

Palma foi prefeito de Cuiabá entre 1975 e 1979. Foi deputado estadual de 1982 a 1986, deputado federal por três mandatos consecutivos de 1986 a 1998, presidiu o diretório nacional do PTB, e no final de 1998 foi para o Ministério da Agricultura no cargo de secretário de desenvolvimento rural e cooperativismo. 

Publicidade