Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Startups se unem para produzir máscaras por meio de impressão 3D

Parceria entre Hotmart e Trem Maker quer produzir cerca de 400 protetores por dia

Por Mariana Muniz - 26 mar 2020, 18h27

A Hotmart, startup de educação online, e a Trem Maker, comunidade de makers de Belo Horizonte, se uniram para produzir protetores faciais por meio de impressão 3D para auxiliar na proteção dos profissionais de saúde de Minas Gerais, durante a pandemia do coronavírus.

O trabalho é feito de forma voluntária e os materiais são distribuídos gratuitamente. A ideia é aumentar a capacidade de fabricação, chegando a mais de 400 proteções por dia.

Os equipamentos são resultado de uma rede de colaboração que inclui profissionais que desenvolvem produtos por conta própria, voluntários e empresas parceiras. Já foram doadas mais de 500 Face Shields, máscaras que protegem o rosto inteiro com uma viseira de PETG.

Para ajudar no custeio da produção, a Hotmart criou um fundo de R$ 1 milhão. Além disso, a empresa está disponibilizando um time de profissionais para ajudar na fabricação e distribuição dos equipamentos

Publicidade