Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Pedro Carvalho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Segurança de Michelle veta divulgação prévia de sua agenda no Congresso

Primeira-dama foi a lançamento de frente parlamentar, mas deputado, autor do convite, foi proibido de divulgar

Por Evandro Éboli - Atualizado em 13 dez 2019, 15h18 - Publicado em 13 dez 2019, 13h36

A primeira-dama,  Michelle Bolsonaro, tem ocultado sua agenda de trabalho. Nesta semana, ela foi ao Congresso lançar a frente parlamentar de combate ao câncer infantil.

Por questão de segurança, não pode haver anúncio prévio de sua presença em solenidades, como essa.

A divulgação da visita foi vetada. Mesmo para aliados do governo, caso do deputado Bibo Nunes (PSL-RS), o autor do convite, que ficou desolado.

“Que pena”, diz.

Publicidade

O GSI, responsável pela segurança de Michelle,  informou que não tem ingerência na divulgação de sua agenda.

Publicidade