Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

‘Se não quiser votar nele, tudo bem’, diz Bolsonaro ao apoiar Crivella

Em live, presidente pede votos para prefeito do Rio, faz elogios tímidos ao pastor e deixa eleitor à vontade para escolher

Por Mariana Muniz 29 out 2020, 22h12

A live de Jair Bolsonaro desta quinta-feira era mais do que esperada pela campanha de Marcelo Crivella (Republicanos), mas pode ter acabado como um banho de água fria.

Candidato à reeleição na prefeitura do Rio, o pastor contava com o apoio explícito do presidente na transmissão ao vivo para ver melhorar o seu desempenho nas pesquisas. Afinal, a disputa pelo concorrido cabo eleitoral foi árdua e, até agora, não tem se mostrado eficaz. Mas Bolsonaro não foi tão enfático.

“Terminado agora com um nome que dá polêmica, porque o Rio de Janeiro sempre é polêmico. Estou aqui com o Crivella. Conheço ele há muito tempo. Foi deputado federal comigo, depois foi ser senador, prefeito do Rio de Janeiro”, disse.

E continuou: “Nós sabemos que tem mais dois nomes concorrendo. Um lá, que é de um partido X, o tal do Ciro Gomes falou que se ela ganhar vai ser chefe da Casa Civil dela. Terrível”.

A conclusão de Bolsonaro foi a seguinte: “E o outro vocês conhecem também, é um bom administrador, mas eu fico aqui com o Crivella. Não tem muita polêmica, não. Se não quiser votar nele, fica tranquilo. Não vamos criar polêmica, brigar entre nós”.

Continua após a publicidade
Publicidade