Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Romário teria recebido R$ 3 milhões para apoiar Pezão

O craque pede bola

Por Mauricio Lima, Gabriel Mascarenhas - 27 abr 2018, 06h32

Na campanha de 2014, Hudson Braga diz que pagou 3 milhões ao senador Romário, atual candidato ao governo do Rio, para que ele declarasse apoio a Pezão. No encontro, o ex-jogador pediu o dinheiro levantando três dedinhos. Estava com medo de ser gravado.

Reprodução/Reprodução

O encontro do delator com o baixinho aconteceu em uma sala de reunião do Hotel Othon, na avenida Lucio Costa.

Além do apoio, a reunião tratou também uma agenda de eventos, incluindo entrevista coletiva, gravações de apoio e carreata.

O pagamento teria sido feito em espécie, por pessoa indicada pelo senador. Para quitar a dívida, foram realizados em parcelas de 800 mil reais, 50 mil e 850 mil.

Continua após a publicidade

Luiz Carlos Oliveira, Marcilio Bezerra ou Reginaldo Moreira realizavam o pagamento a Sergio Barcelos, homem indicado por Romário, em Botafogo.

Esta e outras notas com informações exclusivas na edição de Veja desta semana, já nas bancas.

 

Publicidade