Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Rachadinha no governo Witzel também é alvo de ação determinada pelo STJ

Ordens de busca e apreensão foram determinadas pelo STJ

Por Robson Bonin, Mariana Muniz Atualizado em 28 ago 2020, 10h09 - Publicado em 28 ago 2020, 07h13

O suposto esquema de funcionários fantasmas dentro do governo do Rio, nos moldes da rachadinha que investigada na Alerj, também levou o STJ a determinar buscas contra pessoas ligadas ao grupo político de Wilson Witzel.

As ordens, nesse caso, são do ministro do STJ Jorge Mussi, que autorizou o cumprimento de 12 mandados de busca e apreensão no estado do Piauí, para coletar provas sobre desvio de dinheiro público.

ASSINE VEJA

A esperança dos novatos na bolsa Leia nesta edição: a multidão de calouros no mercado de ações, a ‘lista negra’ de Bolsonaro e as fraudes na pandemia
Clique e Assine
Publicidade