Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Quem mais doou à campanha do pai de Rodrigo Maia

Cesar Maia arrecadou pouco mais de 1 milhão de reais, mas não recebeu nada do filho

Por Juliana Castro Atualizado em 12 nov 2020, 13h20 - Publicado em 12 nov 2020, 13h31

O ex-prefeito Cesar Maia já arrecadou 1,03 milhão de reais em sua campanha de reeleição à Câmara de Vereadores do Rio. A maior parte (1 milhão) veio da direção nacional do DEM. Cesar só não pôde contar com a generosidade do filho famoso.

Pelo menos até agora, Rodrigo Maia (DEM-RJ) não doou nenhum realzinho sequer. Mas isso não quer dizer que o deputado federal esteja alheio à jornada eleitoral do patriarca. O presidente da Câmara alterou sua foto no Twitter, rede social onde tem quase 885 mil seguidores, para acrescentar o número de urna do pai.

Cesar Maia foi o terceiro candidato a vereador que mais ganhou recursos da direção nacional da legenda. Do total de 1 milhão que o DEM repassou, 20% foram doados à sigla pelo empresário Rubens Ometto, presidente do Conselho de Administração da Cosan, uma das maiores corporações empresariais do país, com negócios nos setores de energia e infraestrutura.

Posteriormente, o valor foi repassado à campanha do ex-prefeito.

Continua após a publicidade
Publicidade